⚡️ #973: Resumão das notícias essenciais da semana (12 a 18.jun)

⚡️ #973: Resumão das notícias essenciais da semana (12 a 18.jun)

⚡️ #972: Resumão das notícias essenciais desta semana (12 a 18.jun) em 3 minutos de leitura

Esta curadoria do Correio Sabiá recebe atualizações para te manter bem informado/a ao longo do(s) dia(s)
Resumo das notícias essenciais com atualizações diárias / ? Rochak Shukla/Freepik
Resumo das notícias essenciais com atualizações diárias / ? Rochak Shukla/Freepik

*Assobio: esta curadoria foi publicada, originalmente, no dia 13 de junho de 2023, às 11h19, mas recebeu atualizações para te manter bem informado/a.

Você já sabe que é necessário manter no radar os andamentos:

Há, no entanto, mais itens a acompanhar no noticiário. Na segunda (12), Lula lançou a nova política de alfabetização e se reuniu com a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von Der Leyen. Leia a íntegra do pronunciamento do presidente. Eis os tópicos que eles trataram:

  • Parcerias comerciais entre o Brasil e a União Europeia
  • Avanço de um acordo entre o Mercosul e a União Europeia
  • Iniciativas para combater o desmatamento e frear as mudanças climáticas
  • Tratativas pelo fim da guerra entre Rússia e Ucrânia

Especificamente sobre o acordo entre o Mercosul e a União Europeia:

  • Esta é uma das principais pautas internacionais do governo federal brasileiro;
  • O acordo deve sair até o fim do ano, segundo as duas autoridades;
  • No entanto, Lula criticou explicitamente alguns termos colocados pela União Europeia, segundo os quais há várias sanções ao Brasil em caso de descumprimento. Para Lula, uma parceria deve se balizar na “confiança”, e não na presunção de que a outra parte não cumprirá os termos.

➡️ Ursula von der Leyen anunciou um aporte de € 20 milhões ao Fundo Amazônia.

Continuando… você deve se lembrar das dificuldades de articulação política do governo federal, principalmente na Câmara, onde houve algumas derrotas (sobretudo na área ambiental). Lembre-se:

  • O Ministério do Meio Ambiente e das Mudanças Climáticas e o Ministério dos Povos Indígenas foram esvaziados por meio da aprovação de uma MP (medida provisória) que define a mudança na estrutura do governo. Essa MP manteve os 37 ministérios, mas retirou atribuições de pastas voltadas ao meio ambiente;
  • Deputados federais também aprovaram a proposta do marco temporal para terras indígenas. Entenda o que é nesta reportagem.

Novidade sobre essas dificuldades de articulação: a ministra do Turismo, Daniela Carneiro, deve deixar o cargo. Entenda:

  • O atual partido de Daniela Carneiro é o União Brasil. No entanto, a concessão do ministério a ela é considerada decisão pessoal de Lula, e não indicação do partido.
  • Daniela Carneiro é esposa de Waguinho, que deu apoio a Lula na campanha eleitoral. Waguinho é prefeito de Belford Roxo, município da Baixada Fluminense, no estado do Rio de Janeiro. Ele era do União Brasil,
  • Acontece que Waguinho foi para o Republicanos. Daniela Carneiro deve fazer o mesmo.
  • O União Brasil, que tem grande bancada na Câmara e tem votado contra o governo, faz pressão pela saída da ministra. Quer alguém realmente indicado pela legenda. O deputado federal Celso Sabino (União Brasil-BA) seria um candidato ao cargo.

➡️ Destrinchando para você: tirar Daniela Carneiro e colocar alguém indicado pelo União Brasil, mesmo que não se traduza em 100% dos votos da bancada do partido na Câmara, certamente vai melhorar as votações de Lula (consequentemente, aumenta as chances de aprovação de projetos e incrementa a articulação). No entanto, significa desagradar um aliado de 1ª hora.

  • Na terça (13), Lula conversou com a ministra. Disse que seu cargo foi demandado pelo União Brasil, mas não demitiu-a. Ela deve fazer um balanço do seu comando na posta na reunião ministerial de quinta-feira (15).

Na semana passada, Lula conversou sobre articulação política com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). É algo para ter atenção nestes dias.

➡️ Aliás, tudo o que você precisa saber de eventos essenciais ou assuntos para ter no radar está na Agenda da Semana do Correio Sabiá. O conteúdo recebe atualizações diárias. ?

  • ?️ Na agenda destes dias, note que há ajustes da taxa de juros nos Estados Unidos e no Japão, além da divulgação de indicadores.

Note ainda que o dólar despencou nesta quarta-feira (14.jun), fechando cotado a R$ 4,80. Isso ocorreu depois:

  • da decisão do Fed (Federal Reserve) em manter a taxa básica de juros dos Estados Unidos no mesmo patamar, no intervalo de 5% a 5,25%, interrompendo um ciclo de alta; e
  • da melhora da classificação de risco do Brasil pela S&P, que elevou a perspectiva do país para positiva, algo que não ocorria desde 2019.

Relembre a curadoria de notícias anterior, com o resumão da última semana.

  • Leia outras notícias recentes do Correio Sabiá:

Vale sempre lembrar que você pode e deve seguir o Correio Sabiá, @correiosabia, em todas as redes sociais: combatemos a desinformação, porque achamos que uma sociedade bem informada toma decisões melhores.

leia mais