Resumo de notícias #737 do Sabiá (14.mar) - Comece o dia voando

Resumo de notícias #737 do Sabiá (14.mar) - Comece o dia voando

Resumo de notícias #737 do Sabiá (14.mar) – Comece o dia voando

Autoridades russas e ucranianas fazem avaliações otimistas sobre cessar-fogo; Kiev sofre bombardeio
President Joe Biden talks on the phone with January 6th heroes, Thursday, January 6, 2022, in the Oval Office Dining Room of the White House / Foto: Adam Schultz/Official White House
O presidente dos EUA, Joe Biden, disse que reagiria caso a Rússia tocasse em algum país da Otan / Foto: Adam Schultz/Official White House

Neste resumo você encontrará alguns desses tópicos:

  • Autoridades da Ucrânia e da Rússia fazem avaliações otimistas sobre possibilidade de cessar-fogo nos próximos dias, mas Kiev amanhece sob forte bombardeio russo nesta segunda;
  • Aliás, nesta segunda, há uma nova rodada de negociações entre russos e ucranianos; Ataque da Rússia perto da fronteira com a Polônia, integrante da Otan, deixa ao menos 35 mortos;
  • Bolsonaro sanciona projeto sobre combustíveis, sem vetos; Reajuste da Petrobras deve pesar sobre consumidores nesta semana

Este resumo foi enviado por volta das 8h para mais de 3,5 mil leitores do Correio Sabiá no WhatsApp. Clique aqui para receber.

Clique aqui para acessar a notícia da Agenda da Semana, onde você encontrará os principais eventos políticos e econômicos esperados para os próximos dias.

Clique aqui para se INSCREVER no Sabiá no Ar, o podcast diário do Correio Sabiá no Spotify.

Financie o nosso jornalismo independente. Precisamos de você para continuar produzindo um material de qualidade.

Para ficar de olho hoje:

  • Guerra. 4ª rodada de negociações entre Rússia e Ucrânia. 
  • China. A China deve divulgar dados de emprego, varejo e produção industrial.
  • Empresas. Gol e Magazine Luize divulgam seus resultados corporativos. 

Agora, pegue seu café e vamos ao resumo de notícias:

Ucrânia. Você que tem acompanhado o Correio Sabiá talvez estranhe, mas é isso mesmo que vamos contar: tanto autoridades da Rússia quanto da Ucrânia fizeram avaliações otimistas durante o final de semana sobre os avanços das negociações por um cessar-fogo. A sugestão, pelo menos partir dessas sinalizações mais recentes, é de que possa haver algum resultado positivo e mais concreto nos próximos dias. Os 2 países realizem nova reunião nesta segunda.

Mais. Um dos próprios representantes russos nas negociações com a Ucrânia disse neste domingo (13) que as duas partes fizeram progressos significativos e que é possível que as delegações possam chegar em breve a uma “posição conjunta”. Da mesma maneira, o negociador ucraniano e conselheiro presidencial Mykhailo Podolyak afirmou que esses resultados positivos podem ser alcançados em dias.

Contexto. A Ucrânia tem dito estar disposta a negociar, mas não a se render nem a concordar com qualquer tipo de ultimato. Já a Rússia faz uma lista de exigências para encerrar as operações militares. Entre elas, o reconhecimento da Crimeia como território russo. 

Por outro lado… Apesar dos avanços significativos no final de semana, Kiev amanheceu nesta segunda-feira sob intenso bombardeiro russo. Além disso, cerca de 400 mil pessoas ainda estão presas em Mariupol, aquela cidade em que havia um forte clima de tensão na semana passada. Talvez você se lembre, se tiver acompanhado os nossos informes: foi em Mariupol que uma maternidade foi bombardeada, e uma série de mulheres grávidas foram fotografadas sendo carregadas em macas, feridas.

Mais. Agora, em Mariupol, essas pessoas que não conseguem deixar a cidade sofrem com a falta de comida e de eletricidade, problemas que já assolavam essa área, mas, à medida em que o tempo passa, mais graves vão ficando. Além disso, um ataque russo perto da fronteira com a Polônia matou 35 pessoas. O detalhe é que a Polônia é um país integrante da Otan, a Organização do Tratado do Atlântico Norte, uma aliança militar liderada pelos Estados Unidos. 

Contexto. O grande problema disso é que um ataque que atinja um país integrante da Otan –ou um ataque que se aproxime de um integrante da Otan– faz escalar as tensões internacionais, porque os Estados Unidos disseram que não interviriam presencialmente na guerra contra os russos em solo ucraniano, exceto se houvesse um ataque contra um país que fizesse parte da aliança militar. 

EUA. Falando nos Estados Unidos, na sexta-feira (11), o presidente norte-americano Joe Biden barrou a compra de diamante e vodka russos. Biden ainda disse ter conversado por quase 1 hora com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, como tem feito diariamente. Foi naquela ocasião que ele disse que não travaria uma guerra com a Rússia em território ucraniano, mas declarou que responderia, “se tocarem nos países da Otan”. O presidente norte-americano ainda afirmou que apoiará a Ucrânia com armas e ajuda humanitária, além de acolher refugiados. 

Refugiados. O total de refugiados, de acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas) já ultrapassa os 2,5 milhões. Já em Mariupol, pelo menos 1,6 mil civis morreram durante bombardeios, de acordo com a Ucrânia. 

Financie o nosso jornalismo independente. Precisamos de você para continuar produzindo um material de qualidade.

Combustíveis. O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou nesta sexta-feira (11) o projeto aprovado no Congresso, ou seja, no Senado e na Câmara, que estabelecia um ICMS único sobre os combustíveis. O texto havia sido aprovado na quinta-feira à noite no Senado e, logo em seguida, na madrugada de sexta-feira, na Câmara.

Contexto. A lei cria um valor único de imposto cobrado por litro de combustível em vez de por percentual do valor do combustível. Espera-se, assim, que isso impeça que o imposto aumente sempre que houver um reajuste no preço dos combustíveis. A mudança vale para gasolina, etanol, diesel, biodiesel, gás liquefeito de petróleo (GLP), gás liquefeito de gás natural e querosene de aviação.

Mais. O Plenário do Senado aprovou, nesta quinta-feira (10), o projeto de lei que cria regras para estabilização dos preços de combustíveis (PL 1472/2021). O projeto cria um sistema de bandas de preços, que limitará a variação, e uma conta federal para financiar essa ferramenta. Além disso, estabelece um auxílio de até R$ 300 mensais para motoristas autônomos de baixa renda. O projeto segue para a Câmara dos Deputados.

Continuando… Durante evento no Palácio do Planalto na manhã de sexta-feira, ocasião em que lançou o PNF (Plano Nacional de Fertilizantes), Bolsonaro se mostrou satisfeito com a aprovação do projeto e lamentou o reajuste de preços anunciado pela Petrobras na quinta-feira (10), que começou a valer na sexta. O presidente falou que a estatal poderia ter “esperado 1 dia” para anunciar o reajuste

Aliás… É esperado para esta semana que os preços dos combustíveis comecem a chegar, de fato, ao bolso do consumidor de uma maneira mais intensa. O reajuste da Petrobras para gasolina, diesel e gás de cozinha já deve começar a ser repassado, e o consumidor deve senti-lo desde já. 

Inflação. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou na sexta-feira (11) de manhã o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) referente a fevereiro. A alta foi de 1,01%, o que elevou a inflação acumulada nos últimos 12 meses para 10,54%. 

Reforma tributária. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado pode votar na quarta-feira (16), às 10h, uma PEC (proposta de emenda à Constituição) que reformula o sistema tributário do país. O texto (PEC 110/2019) recebeu parecer favorável do relator, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), e prevê a criação de um modelo dual de tributação, com 2 impostos de valor agregado (IVA). 

Contexto. A CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) deve unificar os tributos federais (IPI, Cofins e Cofins-Importação, PIS e Cide-Combustíveis) e ser arrecadada pela União. Já o IBS (Imposto sobre Bens e Serviços) deve reunir o ICMS e o ISS, recolhidos por estados, Distrito Federal e municípios.

Campanha de apoio do Correio Sabiá: Vacina contra a desinformação

leia mais