✈️ Lista: quais as viagens internacionais do Lula em 2024

✈️ Lista: quais as viagens internacionais do Lula em 2024

✈️ Lista: quais as viagens internacionais do Lula em 2024

Esta reportagem tem atualizações constantes, a cada informação nova que surgir no noticiário sobre viagens do presidente
Listamos as viagens internacionais do Lula / Foto: Freepik
Listamos as viagens internacionais do Lula / Foto: Freepik

Esta reportagem lista todas as viagens internacionais do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), tanto em 2023 quanto em 2024. Atualizamos este conteúdo frequentemente, a cada nova informação sobre viagens.

Objetivo: ter um material completo, de permanente consulta. Incluímos resumos, datas e compromissos em cada destino. Acrescentamos links de comunicados oficiais (uma prática para dar mais transparência ao noticiário).

Fazemos você realmente entender as notícias. Para saber mais sobre nossas Políticas Editoriais, consulte a seção Quem Somos deste site. Em caso de dúvidas, envie uma mensagem: redacao@correiosabia.com.br.

  • Clique para receber as notícias essenciais no seu WhatsApp
  • Financie o nosso trabalho. Precisamos de você para continuar produzindo conteúdo de qualidade.

Quais as viagens internacionais do Lula em 2024?

Ainda não temos informações sobre novas viagens em 2024. No entanto, sabemos que Lula deve ter tradicionais compromissos internacionais, como a Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), a COP29, que é a Conferência das Partes, mais importante encontro global para discutir mudanças climáticas e encontros do G20. Listaremos aqui quando tivermos detalhes de datas.

Quantas viagens internacionais o Lula fez em 2023?

É possível que você queira saber quantas viagens o Lula fez em 2023 e quais países o Lula visitou neste ano.

➡️ O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) visitou 24 países em 15 viagens internacionais que fez em 2023. Ou seja, houve viagens em que Lula visitou mais de 1 país. Note que também houve mais de uma viagem a um mesmo país.

Eis abaixo o detalhamento das viagens do presidente:

➡️ Em 2023, Lula viajou 15 vezes ao exterior. Visitou um total de 24 países. Eis a lista: Argentina e Uruguai (1), Estados Unidos (2), China e Emirados Árabes (3), Portugal e Espanha (4), Reino Unido (5), Japão (6), Itália, França e Vaticano (7), mais uma vez a Argentina (8), Colômbia (9), Bélgica, Cabo Verde (10), Paraguai (11), África do Sul, Angola e São Tomé e Príncipe (12), Índia (13), Cuba e Estados Unidos (14) e Emirados Árabes, Arábia Sautita, Catar e Alemanha (15).

  • O Correio Sabiá considera como uma única viagem o período de saída do Brasil até a volta. Por isso, em nossas contas, Lula visitou em 2023 um total de 24 países em 15 viagens.

Quais países o Lula visitou em 2023?

A lista das viagens do Lula em 2023 (abaixo) começa pela viagem mais recente e vai até a mais antiga (a 1ª de todas). As bandeiras dos países ajudam na identificação.

15) ?? Emirados Árabes, ?? Arábia Saudita e ?? Catar (27 de novembro a 3 de dezembro) + ?? Alemanha (4 a 5 de dezembro)

Resumo dos Emirados Árabes: Lula embarcou no dia 27 de novembro de 2023 para os Emirados Árabes, onde participou da COP28, a Conferência das Partes, mais importante encontro global para discutir as mudanças climáticas. Chegou no dia 30 de novembro de 2023. Antes, passou por Arábia Saudita e Catar, país em que Lula disse ter papel central para resolução de conflitos no Oriente Médio e para diversificação de negócios brasileiros na região.

Resumo da Alemanha: Em seguida, o presidente foi à Alemanha, onde participou no dia 4 de dezembro da Reunião de Consultas Intergovernamentais de Alto Nível, em Berlim, conforme convite feito pelo chanceler alemão Olaf Scholz à margem da sessão plenária da Cúpula Celac-União Europeia.

14) ?? Cuba (15 e 16 de setembro) e ?? Estados Unidos (16 a 20 de setembro)

Resumo de Cuba: Participou da Cúpula do G77 + China. O encontro teve como tema “os desafios atuais para o desenvolvimento: o papel da ciência, da tecnologia e da inovação”. Eis o briefing da viagem, em PDF.

Resumo dos Estados Unidos: Discursou na ONU (Organização das Nações Unidas) ??, em Nova York, onde voltou a cobrar maior participação dos países ricos na preservação ambiental, criticou desigualdades sociais, chamou atenção para a fome no mundo e condenou conflitos. Eis a íntegra do discurso. Eis o discurso, em vídeo, pelo YouTube;

Nos Estados Unidos, Lula também teve reunião com o presidente norte-americano Joe Biden, com quem firmou uma parceria internacional para o trabalho decente, e com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, com quem falou sobre a guerra contra a Rússia.

Contexto: Zelesnky já fez várias críticas a Lula por seus posicionamentos diante da guerra. O brasileiro reforçou que os países devem construir um caminho para a paz.

Eis a agenda oficial de compromissos na viagem:

  • 21.set.2023:
    • 7h: Chegada em Brasília
  • 20.set.2023:
    • 13h: Encontro com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden
    • 13h30: Cerimônia de lançamento da “Iniciativa Global Lula-Biden para o Avanço dos Direitos Trabalhistas na Economia do Século XXI”
    • 16h: Encontro com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky
    • 17h: Encontro com o diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom
    • 18h: Encontro com o Presidente do Paraguai, Santiago Peña
    • 21h: Partida para Brasília
  • 19.set.2023:
    • 8h40: Encontro bilateral com o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres (horário local: -1h em relação à Brasília)
    • 9h: Abertura do Debate Geral da 78º Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas
    • 15h: Encontro com o presidente da Áustria, Alexander Van der Bellen
    • 16h: Encontro bilateral com o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz
    • 17h15: Encontro com o primeiro-ministro da Noruega, Jonas Gahr Støre
    • 18h: Encontro com o presidente da Palestina e da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas
  • 18.set.2023:
    • 11h: Encontro bilateral com o presidente da Confederação Suíça, Alain Berset
    • 12h: Encontro com o ex-primeiro-ministro do Reino Unido Gordon Brown
  • 17.set.2023:
    • 18h: Reunião com empresários
    • 19h30: Jantar oferecido pelo presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Josué Gomes
  • 16.set.2023:
    • 9h: Em Havana (Cuba) ocorre a continuação do Debate Geral da Cúpula do G77 + China (horário local: -1h em relação à Brasília)
    • 13h: Apresentação da Declaração Final da Cúpula do G77 + China
    • 13h30: Encerramento da Cúpula do G77 + China
    • 15h45: Encontro com o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez
    • 17h: Partida para Nova York
    • 20h: Chegada a Nova York
  • 15.set.2023:
    • 12h: Partida para Havana (Cuba)
    • 18h20: Chegada a Havana
    • 20h: Coletiva de imprensa em Havana

13) ?? Índia (9 e 10 de setembro)

Resumo: Participou da Cúpula do G20 (grupo dos 20, formado pelos países com as 20 maiores economias do mundo), que ocorreu nos dias 9 e 10 de setembro. Teve 7 encontros bilaterais. Diplomaticamente, pegou mal quando disse que o Brasil não prenderia o presidente da Rússia, Vladimir Putin, se quisesse comparecer presencialmente ao Brasil em 2024, no próximo encontro do grupo. A redação final da reunião do G20 foi vaga sobre a guerra da Ucrânia. ? Os países integrantes concordam que o grupo não é o fórum adequado para tratar de questões geopolíticas, ainda que reconheçam os impactos econômicos do conflito. ?️?

  • À margem do encontro, ?? Brasil, ?? Estados Unidos e ?? Arábia Saudita anunciaram uma Aliança Global para intensificar a produção de biocombustíveis, que vai reunir 19 países.

Eis a agenda oficial de compromissos na viagem:

  • 11.set.2023:
    • 8h: Entrevista coletiva à imprensa (horário local: +8h30 em relação à Brasília)
    • 9h: Partida para Túnis
    • 13h10: Chegada a Túnis (horário local: +4h em relação à Brasília)
    • 14h40: Partida para o Recife
    • 19h10: Chegada ao Recife
    • 20h40: Partida para Brasília
    • 23h: Chegada a Brasília
  • 10.set.2023:
    • 9h30: Cerimônia de aposição floral no Memorial Raj Ghat Mahatma Ghandi (horário local: +8h30 em relação à Brasília)
    • 10h30: Cerimônia de entrega de mudas de árvores
    • 10h45: Cúpula do G20 – Sessão III: “Um Futuro”
    • 12h: Reunião com o presidente da França, Emmanuel Macron
    • 12h45: Reunião com a Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen
    • 13h: Encerramento da Cúpula do G20
    • 13h30: Reunião com o Príncipe Herdeiro e primeiro-ministro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman
    • 14h30: Reunião com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel
    • 15h30: Reunião com primeiro-ministro dos Países Baixos, Mark Rutte
    • 17h30: Reunião com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi
  • 9.set.2023:
    • 10h30: Abertura da Cúpula do G20 – Sessão I: “Uma Terra” (horário local: +8h30 em relação à Brasília)
    • 12h30: Almoço de Trabalho
    • 13h30: Encontro com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi; o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa; o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden; e o pesidente do Banco Mundial, Ajay Banga
    • 13h35: Reunião com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan
    • 15h: Cúpula do G20 – Sessão II: “Uma Família”
    • 17h: Ato de Lançamento da Aliança Global de Biocombustíveis (GBA)
    • 18h20: Entrevista a Palki Sharma, do programa Firtspost, Network 18
  • 8.set.2023:
    • 6h05: Chegada a Túnis (horário local: +4h em relação à Brasília)
    • 7h35: Partida para Nova Delhi
    • 20h45: Chegada a Nova Delhi (horário local: +8h30 em relação à Brasília)
  • 7.set.2023:
    • 9h: Desfile de 7 de Setembro
    • 14h: Partida para o Recife
    • 16h15: Chegada ao Recife
    • 17h45: Partida para Túnis

12) ?? África do Sul (22 a 24 de agosto), ?? Angola (25 e 26) e ?? São Tomé e Príncipe (27)

Resumo: Em Joanesburgo, na África do Sul, Lula participou da Cúpula dos Brics (grupo formado, como o próprio nome indica, por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Falou da possibilidade de criação de uma moeda comum ao bloco e participou do anúncio de expansão do próprio grupo, que passará a contar com Argentina, Arábia Saudita, Egito, Emirados Árabes Unidos, Etiópia e Irã. O documento firmado entre os países que atualmente integram o bloco menciona o compromisso de buscar formas para usar as moedas locais nas transações comerciais entre os membros. (Isso é importante porque pode reduzir o poder do dólar).

Depois, seguindo viagem, Lula foi a Angola, onde disse que o Brasil estudava abrir um consulado-geral naquele país. Participou ainda do Fórum Econômico, destacando oportunidades de negócio no continente africano. Por fim, em São Tomé e Príncipe, participa da 14ª Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa).

Eis a agenda oficial de compromissos na viagem:

  • 27.ago.2023:
    • 8h15: Partida para São Tomé (horário local: +4h em relação à Brasília)
    • 9h: Chegada a São Tomé (horário local: +3h em relação à Brasília)
    • 9h25: Reunião restrita
    • 10h15: Sessão de abertura da XIV (14ª) Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa)
    • 10h40: Fotografia oficial da XIV Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP
    • 10h50: Sessão de trabalho
    • 12h50: Sessão de encerramento da XIV Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP
    • 13h40: Partida para Brasília
    • 18h15: Chegada a Brasília
  • 26.ago.2023:
    • 11h10: Cerimônia de inauguração da Galeria Ovídio de Melo, em Angola (horário local: +4h em relação à Brasília)
    • 11h40: Coletiva de imprensa
    • 16h: Cerimônia oficial de despedida
  • 25.ago.2023:
    • 10h45: Cerimônia de aposição floral (horário local: +4h em relação à Brasília)
    • 11h: Cerimônia oficial de chegada em Angola
    • 11h10: Reunião restrita com o presidente de Angola, João Lourenço
    • 12h: Cerimônia de condecoração do presidente Lula com a Ordem Dr. António Agostinho Neto, e do presidente João Lourenço com a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul
    • 12h10: Discursos de Lula e João Lourenço
    • 12h30: Cerimônia de assinatura de atos
    • 12h45: Declaração à imprensa
    • 13h: Almoço em homenagem a Lula e à primeira-dama Janja Lula da Silva oferecido por João Lourenço
    • 15h15: Sessão solene em homenagem a Lula
    • 16h10: Encontro privado com a presidente da Assembleia Nacional de Angola, Carolina Cerqueira
    • 18h: Encerramento do Foro Econômico Brasil-Angola
  • 24.ago.2023:
    • 9h: Sessão I do Diálogo de Amigos do Brics, Brics-Africa Outreach e Brics Plus (horário local: +5h em relação à Brasília)
    • 12h: Almoço oferecido pelo presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa
    • 13h30: Sessão II do Diálogo de Amigos do Brics
    • 14h: Reunião com a primeira-ministra de Bangladesh, Sheikh Hasina
    • 15h: Reunião com o presidente do Irã, Seyyed Ebrahim Raisi
    • 17h: Término da XV (15ª) Cúpula do Brics
    • 19h15: Partida para Luanda (Angola)
    • 21h35: Chegada a Luanda (horário local: +4h em relação à Brasília)
  • 23.ago.2023:
    • 10h: Sessão plenária restrita da XV (15ª) Cúpula do Brics / horário local: +5h em relação à Brasília
    • 11h: Sessão plenária ampliada da XV (15ª) Cúpula do Brics
    • 19h: Apresentação cultural e jantar oferecido pelo presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa
  • 22.ago.2023:
    • 11h: Encontro com representantes do Congresso Nacional Africano (ANC) / horário local: +5h em relação à Brasília
    • 13h30: Programa Conversa com o Presidente
    • 16h: Diálogo do Fórum Empresarial do Brics
    • 18h: Reunião no Retiro dos Líderes do Brics 
    • 18h50: Foto de família dos líderes do Brics
    • 19h: Jantar de boas-vindas aos Líderes do Brics oferecido pelo presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa

11) ?? Paraguai (14 e 15 de agosto)

Resumo: No dia 15 de agosto, Lula participou da cerimônia de posse do novo presidente paraguaio Santiago Peña, em Assunção.

Eis a agenda oficial de compromissos na viagem:

  • 15.ago.2023:
    • 8h30: Sessão solene do Congresso da Nação para os juramentos de Santiago Peña e Pedro Alliana como presidente e vice-presidente do Paraguai, respectivamente (horário local: -1h em relação à Brasília)
    • 10h30: Partida para Brasília
    • 13h50: Chegada a Brasília
    • 15h: Ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, e ministro da Secretaria- Geral, Márcio Macêdo
    • 17h: Ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha
  • 14.ago.2023:
    • 8h30: Conversa com o Presidente
    • 15h30: Partida para Assunção
    • 16h50: Chegada a Assunção (horário local: -1h em relação à Brasília)
    • 18h10: Encontro privado com o ex-Presidente da República do Paraguai Fernando Lugo

10) ?? Bélgica (16 a 18 de julho) e ?? Cabo Verde (19 de julho)

Resumo: Lula viajou a Bruxelas, sede da União Europeia ??, para participar da sessão de abertura da Cúpula Celac (Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos)-União Europeia. Discutiu um eventual acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia, além de pautas ambientais e guerra entre Rússia e Ucrânia. Eis o comunicado conjunto da Cúpula. Eis a íntegra do discurso do Lula.

  • Já passagem por Cabo Verde ocorreu no retorno a Brasília. Consideramos que Lula também esteve em viagem no país africano pois não fez simplesmente uma escala. Encontrou-se com o presidente daquele país e disse que o Brasil vai recuperar as relações com o continente africano. Eis o pronunciamento oficial nesta ocasião.

Eis a agenda oficial de compromissos na viagem:

  • 19.jul.2023:
    • 8h30: Entrevista coletiva à imprensa (horário local: +5h em relação à Brasília)
    • 10h: Partida para Praia, Cabo Verde
    • 13h: Chegada a Praia (horário local: +2h em relação à Brasília)
    • 13h15: Encontro com o presidente de Cabo Verde, José Maria Neves
    • 14h30: Partida para Brasília
    • 18h30: Chegada a Brasília
  • 18.jul.2023:
    • 8h: Café da manhã com lideranças progressistas (horário local: +5h em relação à Brasília)
    • 9h30: Sessão Plenária da III Cúpula Celac-UE
    • 10h30: Encontro com o primeiro-ministro da Suécia, Ulf Kristersson, à margem da Sessão Plenária
    • 11h30: Encontro com o chanceler da Áustria, Karl Nehammer, à margem da Sessão Plenária
    • 13h: Conversa com o Presidente (horário local: +5h em relação a Brasília)
    • 15h15: Reunião com a primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen
    • 16h: Reunião com o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz
  • 17.jul.2023:
    • 9h: Encontro com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen (horário local: +5h em relação à Brasília)
    • 9h30: Sessão de abertura do Fórum Empresarial União Europeia-América Latina
    • 11h: Reunião com a primeira-ministra de Barbados, Mia Mottley
    • 12h: Encontro com o Rei dos Belgas, Filipe I, e com o primeiro-ministro da Bélgica, Alexander De Croo
    • 13h: Almoço privado
    • 15h: Reunião com a presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola
    • 15h30: Boas-vindas às delegações da Celac
    • 16h: Sessão de abertura da III Cúpula Celac-UE
    • 17h30: Fotos oficiais
    • 18h: Reunião com o presidente da França, Emmanuel Macron, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, o presidente da Colômbia, Gustavo Petro, e a vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez
  • 16.jul.2023:
    • 00h45: Chegada ao Recife
    • 2h15: Partida para Bruxelas
    • 16h10: Chegada a Bruxelas (horário local: +5h em relação à Brasília)
  • 15.jul.2023:
    • 22h30: Partida para o Recife

9) ?? Colômbia (8 de julho)

Resumo: Lula viaja à Colômbia para participar de reunião com países amazônicos. Trata-se do Fórum de Debates Científicos da Amazônia, na cidade de Letícia. O governo brasileiro enviou à imprensa, tendo o Correio Sabiá recebido, um documento sobre a viagem presidencial. Eis a íntegra em PDF.

Eis a agenda oficial de compromissos na viagem:

  • 8.jul.2023:
    • 9h20: Partida para Letícia – Colômbia
    • 11h: Chegada a Letícia (horário local: -2h em relação à Brasília)
    • 11h20: Encontro com o presidente da Colômbia, Gustavo Petro
    • 12h: Fotografia oficial dos chefes de delegação presentes à reunião técnico-científica da Amazônia
    • 12h10: Sessão de encerramento da reunião técnico-científica da Amazônia
    • 14h30: Partida para Brasília
    • 20h10: Chegada a Brasília

8) ?? Argentina (3 a 4 de julho)

Resumo: Lula viajou para participar da Cúpula do Mercosul. Na ocasião, voltou a criticar os termos propostos pela União Europeia para que haja um acordo comercial com o bloco. ??? Este acordo é uma das principais intenções da política externa do Lula. No entanto, a previsão de punições estipulada pelos europeus desagrada ao presidente brasileiro, que diz que a parceria deve se basear na premissa de confiança mútua, e não na premissa de que haverá descumprimentos. Lula também assumiu a presidência temporária do Mercosul.

Eis a agenda oficial de compromissos na viagem:

  • 4.jul.2023:
    • 8h30: Conversa com o Presidente
    • 10h: Cumprimentos oferecidos pelo presidente da República Argentina, Alberto Fernández, aos chefes de delegação da Cúpula de chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados
    • 10h30: Sessão plenária de chefes de Estado do Mercosul, Bolívia, Estados Associados e convidados especiais
    • 13h: Fotografia oficial dos chefes de delegação dos países membros, Bolívia, Estados Associados e convidados especiais
    • 13h30: Almoço oferecido pelo Presidente da Argentina, Alberto Fernández, para chefes de delegação convidados
    • 16h10: Partida para Foz do Iguaçu (PR)
    • 16h20: Chegada a Foz do Iguaçu
    • 17h: Cerimônia de assinatura do Protocolo de Intenções Itaipu/MEC/Unila para retomada das obras do campus da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), e de posse da nova reitora
    • 19h: Partida para Brasília
    • 20h50: Chegada a Brasília
  • 3.jul.2023 (cumpriu agenda normal no Brasil e embarcou à noite para a Argentina):
    • 10h: Cerimônia de início das obras do Lote 1F do Trecho 1 da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), em Ilhéus (BA)
    • 12h30: Partida para Brasília
    • 14h: Chegada a Brasília
    • 15h: Cerimônia de sanção ao PL (projeto de lei) nº 1085/2023, que trata da igualdade salarial e remuneratória entre mulheres e homens
    • 17h: Partida para Puerto Iguazú, na Argentina
    • 19h: Chegada a Puerto Iguazú, na Argentina

7) ?? Itália, ?? França e ?? Vaticano (20 a 23 de junho)

Resumo: Na Itália, Lula teve reuniões com o presidente da Itália, Sergio Matarella; o prefeito de Roma, Roberto Gualtieri; e o Papa Francisco. Na França, participou da Cúpula para um Novo Pacto Financeiro Global, do Diálogo de Alto Nível da Cúpula e de um almoço oferecido pelo presidente da França, Emmanuel Macron. Ao lado de Macron, criticou uma carta adicional da União Europeia na negociação de um acordo com o Mercosul. São termos e cláusulas que a União Europeia colocou em caso de descumprimento do acordo.

  • Lula disse que está “doido” para fazer um acordo com os europeus, mas não pode fazê-lo por causa dos termos propostos. O presidente já havia criticado o documento quando recebeu no Brasil a presidente da Comissão Europeia.
22.06.2023 - Lula e presidente da França, Emmanuel Macron, por ocasião da Cúpula para um Novo Pacto Financeiro Global, em Paris (França) / ? Ricardo Stuckert/PR
22.06.2023 – Lula e presidente da França, Emmanuel Macron, por ocasião da Cúpula para um Novo Pacto Financeiro Global, em Paris (França) / ? Ricardo Stuckert/PR

Na França, Lula também discursou no evento Power Our Planet e cobrou que os países desenvolvidos cumpram com uma promessa histórica de financiar os países em desenvolvimento que têm florestas preservadas (caso do Brasil). Eis a declaração, que consta nesta curadoria das notícias essenciais do Correio Sabiá:

“[Temos que] responsabilizar os países ricos para financiar os países em desenvolvimento que têm reservas florestais, porque não foi o povo africano que poluiu o mundo, não é o povo latino-americano que polui o mundo. Na verdade, quem poluiu o planeta nesses últimos 200 anos foram aqueles que fizeram a revolução industrial e por isso têm que pagar a dívida histórica que têm com o planeta Terra. Muito obrigado a todos vocês e boa sorte para a humanidade.”

Lula também voltou a criticar a taxa de juros, que foi mantida no patamar de 13,75% ao ano pelo Copom (Comitê de Política Monetária) enquanto estava na Itália, em decisão anunciada no dia 21 de junho.

Eis a agenda oficial de compromissos na viagem:

  • 9h30: Partida para o Brasil
  • 17h40: Chegada a Brasília (horário local)
  • 23.jun.2023:
    • 9h15: Foto oficial da Cúpula para um Novo Pacto Financeiro Global (horário local: +5h em relação à Brasília)
    • 9h40: Diálogo de Alto Nível da Cúpula para um Novo Pacto Financeiro Global. Na ocasião, cobrou que os debates sobre mudanças climáticas incluam as desigualdades, dentro do conceito do que se chama de “justiça climática”. Eis a íntegra do discurso.
    • 12h: Encontro com o presidente de honra da France Insoumise na Assembleia Nacional da França, Jean-Luc Mélenchon
    • 13h30: Almoço de trabalho oferecido pelo presidente da França, Emmanuel Macron, ao presidente Lula. Eles trataram do acordo entre o Mercosul e a União Europeia, além da guerra entre Rússia e Ucrânia e outros temas de interesse dos 2 países.
    • 16h: Audiência com o presidente do Naval Group, Pierre-Eric Pommellet
    • 16h30: Encontro com a prefeita de Paris, Anne Hidalgo. Paris será sede das Olimpíadas de 2024. Eis abaixo o registro do encontro, conforme publicado nas redes sociais do presidente.
  • 17h30: Encontro com o presidente do Congo, Denis Sassou-Nguesso
  • 20h30: Jantar em homenagem a Lula e à primeira-dama Janja, oferecido pelo príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman al Saud
  • 22.jun.2023:
    • 8h30: Entrevista coletiva à imprensa (horário local: +5h em relação à Brasília)
    • 10h: Partida para Paris
    • 11h40: Chegada a Paris (horário local: +5h em relação à Brasília)
    • 13h30: Almoço com a presidente do Novo Banco de Desenvolvimento, a ex-presidente do Brasil Dilma Rousseff
    • 15h30: Encontro com o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa
    • 16h30: Encontro com o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez
    • 17h30: Encontro com primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry
    • 18h15: Encontro com o presidente da COP-28 (a Conferência das Partes, mais importante encontro global para discutir as mudanças climáticas), nos Emirados Árabes Unidos, Sultan al Jaber
    • 20h15: Discurso no evento “Power Our Planet”. Eis a íntegra do discurso. Se preferir, assista abaixo, conforme divulgado nas redes sociais do presidente no YouTube:
  • 21h: Jantar oferecido pelo presidente da França, Emmanuel Macron, e pela senhora Brigitte Macron aos chefes de delegação da Cúpula para um Novo Pacto Financeiro Global e cônjuges de chefes de Estado
  • 21.jun.2023:
    • 9h30: Audiência com o ex-primeiro-ministro da Itália Massimo D’Alema (horário local: +5h em relação à Brasília)
    • 10h: ​Audiência com a secretária-geral do Partido Democrático Italiano, Elly Schlein (horário local: +5h em relação à Brasília)
    • 12h15: Reunião com o presidente da Itália, Sergio Mattarella
    • 12h45: Almoço oferecido pelo presidente da Itália, Sergio Mattarella, em homenagem a Lula e à primeira-dama Janja
    • 14h30: Encontro com o Papa Francisco
    • 15h: Cumprimentos da delegação brasileira ao Papa Francisco
    • 15h30: Reunião com o Arcebispo Edgar Peña Parra, da Secretaria de Estado do Vaticano
    • 17h: Reunião com a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni
    • 18h: Reunião com o prefeito de Roma, Roberto Gualtieri
  • 20.jun.2023:
    • 14h: Chegada a Roma (horário local: +5h em relação a Brasília)
    • 18h: Audiência com o Professor Domenico de Masi

6) ?? Japão (17 a 22 de maio)

Resumo: Lula embarcou no dia 17 para participar nos dias 20 e 21 como convidado da Cúpula do G7 (grupo formado pelas 7 maiores economias do mundo). Teve 11 encontros bilaterais. No entanto, não encontrou pessoalmente com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. O chefe de Estado ucraniano foi perguntado se ficou decepcionado ao não encontrar Lula. Respondeu com ironia, dizendo que Lula é que deveria ter ficado desapontado. O brasileiro também não teve agenda com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

Eis as reuniões bilaterais de Lula:

Com o presidente da Indonésia, Lula falou de preservação das florestas tropicais.

  1. Com o primeiro-ministro da Austrália, Lula reforçou a sua agenda ambiental
  2. Com o primeiro-ministro do Japão, Lula falou de comércio e investimentos (o presidente também encontrou empresários japoneses)
  3. Com o presidente da França, Lula falou de negociações de paz para a guerra entre Rússia e Ucrânia
  4. Com a diretora-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional), Lula falou da importância de um fundo para ajudar países em desenvolvimento no pós-covid
  5. Com o chanceler da Alemanha, Lula também falou sobre a guerra entre Rússia e Ucrânia
  6. Com o primeiro-ministro do Canadá, Lula falou do combate às mudanças climáticas e do comércio entre os 2 países
  7. Com o secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Lula falou da guerra e da eventual reforma do Conselho de Segurança da ONU (o Braisl pleitea um assento)
  8. Com o primeiro-ministro do Vietnã, Lula falou da posibilidade de ampliação do comércio entre os 2 países
  9. Com o presidente de Comores, Lula anunciou apoio à entrada da União Africana no G20 (grupo das 20 maiores eocnomias do mundo)
  10. Com o primeiro-ministro da Índia, Lula falou de paz e das relações entre os 2 países
Lula em encontro com o primeiro-ministro do Japão, por ocasião do G7 / ? Ricardo Stuckert/PR
Lula encontrou com o primeiro-ministro do Japão na sua viagem a Hiroshima, por ocasião do G7 / ? Ricardo Stuckert/PR

Eis o discurso de Lula no G7.

Eis a agenda oficial de compromissos na viagem:

  • 23.mai.2023
    • 1h05: Chegada a Brasília
  • 22.mai.2023
    • 8h: Declaração à imprensa (horário local: +12h em relação à Brasília)
    • 10h: Partida para o Brasil
  • 21.mai.2023
    • 8h30: Visita dos chefes de delegação e cônjuges dos países convidados e das organizações internacionais ao Parque Memorial da Paz de Hiroshima (horário local: +12h em relação à Brasília)
    • 9h50: Encontro com o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau
    • 10h40: Encontro com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi
    • 11h45: Sessão de trabalho do G7 + países convidados: “Rumo a um mundo pacífico, estável e próspero”
    • 14h30: Encontro com o secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), António Guterres
    • 15h15: Encontro com o primeiro-ministro do Vietnã, Pham Minh Chinh
    • 16h15: Encontro com o presidente da União das Comores, Azali Assoumani
    • 17h: Reunião com conglomerados empresariais e banco de financiamento japonês
  • 20.mai.2023
    • 8h45: Encontro com o primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida (horário local: +12h em relação à Brasília)
    • 10h: Encontro com o presidente da Indonésia, Joko Widodo
    • 14h30: Cumprimentos oferecidos pelo primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, aos chefes de delegação e cônjuges
    • 15h: Sessão de trabalho do G7 + países convidados e organizações internacionais: “Trabalhando juntos para enfrentar múltiplas crises”
    • 17h: Fotografia oficial dos chefes de delegação dos países membros e dos países convidados do G7
    • 17h20: Encontro com a diretora-geral do FMI (Fundo Monetário Internacional), Kristalina Georgieva
    • 17h50: Encontro com o presidente da França, Emmanuel Macron
    • 18h25: Sessão de trabalho do G7 + países convidados e organizações internacionais: “Esforços conjuntos para um planeta resiliente e sustentável”
    • 20h: Encontro com o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz
    • 20h30: Jantar oferecido pelo primeiro-ministro japonês Fumio Kishida aos chefes de delegação e cônjuges
  • 19.mai.2023
    • 00h: Chegada a Hiroshima (horário local: +12h em relação à Brasília).
    • 16h45: Encontro com o primeiro-ministro da Austrália, Anthony Albanese (horário local: +12h em relação à Brasília)
  • 18.mai.2023
    • Em deslocamento no voo de Anchorage (Alasca) a Hiroshima (Japão)
  • 17.mai.2023
    • 9h: Partida para a Cidade do México. Destino final é Hiroshima, no Japão. Eis o factsheet, em PDF, da viagem.
    • 14h35: Chegada à Cidade do México (horário local: -3h em relação à Brasília)
    • 16h05: Partida para Anchorage (Alasca)
    • 21h30: Chegada a Anchorage (Alasca) (horário local: -5h em relação a Brasília)
    • 23h: Partida para Hiroshima

Eis o vídeo da declaração oficial de Lula à imprensa no final da viagem ao Japão:

5) ?? Reino Unido (5 e 6 de maio)

Resumo: Lula embarcou dia 5 de maio de 2023 ao Reino Unido para participar no dia 6 de maio de 2023 da cerimônia de coroação do Rei Charles III. Encontrou ainda o primeiro-ministro inglês. Falaram, entre outros assuntos, de Amazônia. Lula ainda criticou a prisão do jornalista australiano Julian Assange, fundador do WikiLeaks –portal que vazou centenas de documentos sigilosos dos Estados Unidos–, detido no próprio Reino Unido.

Eis a agenda de compromissos durante toda a viagem:

  • 7.mai.2023
    • 4h30: Chegada a Brasília
  • 6.mai.2023
    • 8h30: Recepção oferecida pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Commonwealth e do Desenvolvimento do Reino Unido, James Cleverly (horário local: +4h em relação a Brasília)
    • 11h: Cerimônia de coroação do Rei Charles III do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte
    • 15h: Declaração à imprensa
    • 19h: Partida para o Brasil
  • 5.mai.2023
    • 7h: Chegada a Lisboa (horário local: +4h em relação a Brasília)
    • 8h30: Partida para Londres
    • 11h: Chegada a Londres (horário local: +4h em relação a Brasília)
    • 16h: Encontro com o Primeiro-Ministro do Reino Unido, Rishi Sunak
    • 17h: Recepção oferecida às delegações estrangeiras pelo Rei Carlos III, do Reino Unido
  • 4.mai.2023
    • 18h: Partida para Londres

Eis o vídeo com declarações do presidente na viagem ao Reino Unido:

4) ?? Portugal (21 a 25 de abril) e ?? Espanha (25 e 26 de abril)

Lula chegou a Portugal no dia 21 de abril de 2023., à noite. Depois, dia 22, começou a cumprir agenda de compromissos. Foi à Espanha no dia 25. Retorno ao Brasil marcado para o dia 26, à tarde (horário local espanhol).

?? Lula na Espanha:

Reuniu-se com lideranças sindicais espanholas. Participou de evento empresarial entre Brasil e Espanha. Mais uma vez, falou da intenção do Brasil em sediar a COP30, a Conferência das Partes, mais importante encontro global para discussão das mudanças climáticas. A sede seria a cidade de Belém, no Pará. Lula também comentou sobre a inclusão do Brasil na indústria do hidrogênio verde e reforçou a intenção de firmar um acordo comercial entre Mercosul e União Europeia (mais detalhes na 1ª viagem do Lula, abaixo nesta reportagem, à Argentina e ao Uruguai). Encontrou o Rei Felipe VI e o presidente Pedro Sánchez. Com eles, tratou mais uma vez da guerra na Ucrânia e das mudanças climáticas.

?? Lula em Portugal:

Participou da entrega do Prêmio Camões, o mais importante da língua portuguesa, ao compositor Chico Buarque. Teve encontro com o presidente português Marcelo Rebelo de Sousa e com o primeiro-ministro António Costa. No dia 25, data que comemora a Revolução dos Cravos, Lula discursou no Parlamento Português. Foi vaiado por congressistas de extrema-direita, e o primeiro-ministro defendeu-o. Lula ainda disse ser contra a “invasão territorial” da Rússia na Ucrânia e voltou a falar na necessidade de construção de diálogo pela paz. Criticou o patamar da taxa básica de juros, a Selic, em 13,75% ao ano.

Eis a agenda de compromissos durante toda a viagem:

  • 26.abr.2023:
    • 10h: Foto oficial com o Presidente de Governo da Espanha, Pedro Sánchez (horário local: +5h em relação a Brasília)
    • 10h10: Reunião de Ministros com o Presidente de Governo da Espanha, Pedro Sánchez
    • 11h10: Cerimônia de assinatura de atos
    • 11h25: Declaração à imprensa
    • 13h: Encontro com o Rei Felipe VI, da Espanha
    • 14h: Almoço oferecido em homenagem ao Presidente da República e à Senhora Janja Lula da Silva
    • 16h15: Partida para Recife
    • 19h15: Chegada ao Recife (horário local)
    • 20h10: Partida para Brasília
    • 22h30: Chegada a Brasília
  • 25.abr.2023:
    • 10h: Sessão Solene de Boas-Vindas ao Presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da Visita de Estado a Portugal (horário local: +4h em relação a Brasília)
    • 11h30: Partida para Madrid, na Espanha
    • 13h30: Chegada a Madrid (horário local: +5h em relação a Brasília)
    • 17h: Encontro com centrais sindicais espanholas
    • 17h50: Encerramento do Fórum Empresarial Brasil-Espanha
  • 24.abr.2023:
    • 8h40: Partida para Porto (horário local: +4h em relação a Brasília)
    • 9h20: Chegada ao Porto
    • 10h: Sessão de Abertura do Fórum Empresarial Brasil-Portugal
    • 11h35: Partida para Lisboa em voo de demonstração a bordo de aeronave Embraer KC-390 Millennium
    • 12h15: Chegada a Lisboa
    • 12h20: Visita às instalações das Oficinas Gerais de Material Aeronáutico (OGMA), Indústria Aeronáutica de Portugal S.A.
    • 16h10: Cerimônia de Entrega do Prêmio Camões a Chico Buarque
    • 18h: Recepção oferecida pelo Embaixador do Brasil em Lisboa, Raimundo Carreiro, e pela Senhora Maria José Ávila
  • 23.abr.2023:
    • Sem compromissos oficiais informados na agenda
  • 22.abr.2023:
    • 10h30: Cerimônia de boas-vindas com honras militares (horário local: +4h em relação a Brasília)
    • 10h50: Cerimônia de deposição floral junto ao túmulo de Camões
    • 11h05: Visita à Igreja e aos Claustros do Mosteiro dos Jerônimos
    • 11h30: Encontro restrito com o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa
    • 11h45: Encontro ampliado com o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa
    • 12h15: Declaração à imprensa
    • 13h: Almoço oferecido pelo Primeiro-Ministro da República Portuguesa, António Costa, por ocasião da XIII Cimeira Luso-Brasileira
    • 14h30: Encontro restrito com o Primeiro-Ministro da República Portuguesa, António Costa
    • 15h15: Reunião plenária da XIII Cimeira Luso-Brasileira
    • 16h20: Cerimônia de assinatura de atos
    • 16h30: Declaração à imprensa
  1. Eis a íntegra da declaração conjunta por ocasião da XIII Cimeira Luso-Brasileira – Lisboa, no dia 22 de abril de 2023
  2. Eis a lista e a íntegra dos atos assinados no Centro Cultural de Belém, no dia 22 de abril de 2023
  3. Eis a íntegra do discurso de Lula na Assembleia da República Portuguesa
  4. A Embraer assinou memorando com empresas portuguesas para adaptar Super Tucano a critérios europeus
  5. Eis a íntegra do discurso de Lula no Fórum Empresarial Brasil – Portugal em Matosinhos, na região do Porto (Portugal)
  6. Eis a íntegra do discurso de Lula na entrega do Prêmio Camões em Portugal
  7. Eis a entrevista de Lula à RTP Portugal
  8. Lista e íntegra dos atos assinados em visita à Espanha

Eis o vídeo de Lula em declaração oficial na Espanha:

Eis o vídeo de Lula em evento empresarial na viagem que fez à Espanha:

Eis o vídeo da cerimônia de boas-vindas na viagem a Portugal:

Brasil e Portugal firmaram acordos para proteger testemunhas e promover direitos das pessoas com deficiência

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Márcio Macêdo, recebeu carta de comunidade ucraniana em Portugal para Lula.

Lula com o primeiro-ministro de Portugal no dia 22 de abril de 2023 / ? Ricardo Stuckert/PR
Lula em viagem a Portugal: presidente brasileiro encontrou o primeiro-ministro português no dia 22 de abril de 2023 / ? Ricardo Stuckert/PR

3) ?? China (11 e 14 de abril de 2023) e ?? Emirados Árabes (15 de abril de 2023)

Lula embarcou no dia 11 para a China. Chegou no dia 12. Saiu de lá no dia 15. Chegou em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, no dia 15 mesmo. O governo federal publicou uma reportagem com uma previsão de acordos e atividades do presidente no país asiático. Fiz no Correio Sabiá um acompanhamento em tempo real com todos os detalhes da viagem.

Resumo: Lula firmou acordos em diferentes âmbitos (comerciais, parcerias, etc.), criticou os Estados Unidos por “incentivar” a guerra na Ucrânia; defendeu a criação de um “G20 da Paz”, formado por países sem participação no conflito, e a inclusão de mais países no Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas); tratou de mudanças climáticas e cobrou mais compromisso ambiental de países desenvolvidos. Ainda reiterou que o Brasil espera sediar a COP-30, a Conferência das Partes, mais importante encontro global para discutir mudanças climáticas.

A curadoria de notícias do Correio Sabiá por ocasião da viagem mostrou diversas declarações (transcritas) de Lula, assim como documentos e outros fatos relevantes, jornalisticamente.

?? Lula na China:

Encontrou com o presidente chinês Xi Jinping. Também participou da posse da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) como nova presidente do Banco NDB (New Development Bank, o Novo Banco de Desenvolvimento), chamado Banco dos Brics, em referência ao grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. “O tempo que o Brasil ficou ausente das grandes decisões mundiais ficou no passado”, disse Lula.

?? Lula nos Emirados Árabes:

“Nossa balança comercial revela que temos economias complementares”, afirmou Lula em encontro com o presidente dos Emirados Árabes Unidos e Emir de Abu Dhabi, Xeique Mohammed bin Zayed Al Nahyan. Os Emirados Árabes são o maior parceiro comercial do Brasil na região.

“Os Emirados Árabes e o Brasil têm um assunto de preocupação comum que é a mudança climática. O Brasil tem um papel fundamental nesta questão (…) e na execução dos objetivos de desenvolvimento sustentável”, disse o xeique. Lula destacou que os Emirados Árabes sediarão neste ano (2023) a COP-28, a Conferência das Partes, maior encontro global para discutir as mudanças climáticas. O presidente defendeu que o Brasil seja sede da COP-30, em Belém (PA).

Eis a agenda de compromissos:

  • 16.abr.2023
    • 9h: Partida de Abu Dhabi para Lisboa, em Portugal (horário local)
    • 14h20: Chegada a Lisboa (horário local)
    • 16h40: Partida para Brasília
    • 21h20: Chegada a Brasília
  • 15.abr.2023
    • 9h: Partida da China para Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes
    • 14h15: Chegada a Abu Dhabi (horário local: +7h em relação ao horário oficial de Brasília)
    • 17h45: Cerimônia Oficial de Chegada
    • 18h05: Reunião com o Presidente dos Emirados Árabes Unidos e Emir de Abu Dhabi, Xeique Mohammed bin Zayed Al Nahyan
    • 18h45: Iftar oferecido pelo Presidente dos Emirados Árabes Unidos e Emir de Abu Dhabi, Xeique Mohammed bin Zayed Al Nahyan, em homenagem ao Presidente Lula e à Senhora Janja Lula da Silva
    • 20h45: Declaração à imprensa
  • 14.abr.2023
    • 9h30: Audiência com o Presidente da State Grid, Zhang Zhigang (horário local: +11h)
    • 11h: Encontro com o Presidente da Assembleia Popular Nacional da China, Zhao Leji
    • 11h45: Cerimônia de aposição de coroa de flores no Monumento aos Heróis do Povo
    • 12h30: Encontro com representantes da Federação de Sindicatos de Toda a China
    • 15h30: Encontro com o Primeiro-Ministro da República Popular da China, Li Qiang
    • 16h30: Cerimônia oficial de chegada
    • 16h45: Encontro ampliado com o Presidente da República Popular da China, Xi Jinping
    • 17h30: Encontro restrito com o Presidente da República Popular da China, Xi Jinping
    • 17h45: Cerimônia de Assinatura de Atos
    • 18h: Jantar oferecido pelo Presidente da República Popular da China, Xi Jinping, e pela Professora Peng Liyuan
    • 19h40: Declaração à imprensa
  • 13.abr.2023
    • 10h40: Reunião com a Presidência do NDB (Novo Banco de Desenvolvimento)
    • 11h15: Cerimônia alusiva à posse da presidente do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), Dilma Rousseff
    • 12h15: Almoço oferecido pela presidente do NBD, Dilma Rousseff
    • 14h20: Visita ao Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Huawei
    • 16h: Audiência com o CEO da BYD, Wang Chuanfu
    • 17h30: Audiência com o Presidente do Conselho da China Communications Construction Company (CCCC), Wang Tongzhou
    • 18h30: Audiência com o Secretário-Geral do Partido Comunista em Xangai, Chen Jining
    • 19h: Jantar oferecido pelo Secretário-Geral do Partido Comunista em Xangai, Chen Jining
    • 21h: Partida para Pequim
    • 22h30: Chegada a Pequim
  • 12.abr.2023
    • 7h40: Chegada a Abu Dhabi (horário local)
    • 9h40: Partida para Xangai (China)
    • 21h30: Chegada a Xangai (horário local)
  • 11.abr.2023
    • 7h: Partida para Lisboa. Destino final dessa viagem é a China
    • 19h40: Chegada a Lisboa (horário local)
    • 21h40: Partida para Abu Dhabi (Emirados Árabes)
  1. Eis a lista e a íntegra dos atos assinados por ocasião da visita de Lula aos Emirados Árabes Unidos. Os acordos foram celebrados no dia 15 de abril de 2023.
  2. Eis a lista e a íntegra dos atos assinados por ocasião da visita de Lula à China. Os acordos foram celebrados no dia 14 de abril de 2023.
  3. Eis a íntegra do pronunciamento de Lula após encontro com Xi Jinping.
  4. Eis a nota da reunião de Lula com o presidente da empresa de energia elétrica State Grid, Zhang Zhigang, que tem 19 concessionárias e linhas de transmissão em 14 estados.
  5. Eis a nota da reunião de Lula com o presidente da Assembleia Popular Nacional da China, Zhao Leji. No encontro, o presidente brasileiro falou que quer “reequilibrar a geopolítica mundial” junto com a China.
  6. Eis a declaração conjunta Brasil-China sobre o comprometimento no combate às mudanças climáticas.
  7. Eis a declaração conjunta Brasil-China sobre o aprofundamento da parceria estratégica.
  8. Na China, Lula concedeu entrevista na qual disse que o país asiático é exemplo de desenvolvimento.

Histórico:

Inicialmente, as viagens ocorreriam da seguinte maneira: 25 (embarque) a 31 de março, na China; 31 de março, nos Emirados Árabes, com chegada ao Brasil no dia 1º de abril. O cronograma foi totalmente alterado por causa de uma pneumonia de Lula.

Abaixo, para fins de registro, como seria a agenda do presidente naquela ocasião, de acordo com publicação do governo federal:

  • 27 de março: Chegada na China. Participaria do evento chamado “Fórum China-Brasil de Desenvolvimento Sustentável”. Eis a programação completa, em PDF. Ainda não confirmamos se Lula poderá participar mesmo deste evento.
  • 28 de março: Em Pequim, Lula teria encontro com o presidente chinês Xi Jinping. Lula também tem reuniões com o primeiro-ministro da China, Li Qiang, e com o presidente da Assembleia Popular Nacional, Zhao Leji. A pauta bilateral: comércio, investimentos, reindustrialização, transição energética, mudanças climáticas, acordos de cooperação e paz.
  • 29 de março: Evento empresarial promovido pela Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível e pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, com a participação de mais de 240 empresários brasileiros. Sabe-se que Lula estará acompanhado de diversos empresários no China. Delegação recorde.
  • 30 de março: Lula iria a Xangai, onde visitaria a sede do Novo BID, entidade criada pelos Brics (grupo formado por Brasil, China, Índia, Rússia e África do Sul, daí o nome da sigla) para fomentar projetos em países em desenvolvimento.
  • 31 de março: Ida aos Emirados Árabes, onde cumpriria agenda de trabalho em Abu Dhabi.
  • 1º de abril: Retornaria ao Brasil.

Em Abu Dhabi, Lula teria encontro previsto com o presidente Mohammed bin Zayed Al Nahyan. Tratariam de temas bilaterais, como: comércio, investimentos, transição energética, mudança climática e segurança mundial, além da atuação dos 2 países como membros não permanentes no Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas).

Lula em visita à China, dia 14 de abril de 2023, em encontro com o presidente chinês Xi Jinping / ? Ricardo Stuckert/PR
Lula em viagem à China, dia 14 de abril de 2023, em encontro com o presidente chinês Xi Jinping / ? Ricardo Stuckert/PR
Lula em chegada aos Emirados Árabes, dia 15 de abril de 2023 / ? Ricardo Stuckert/PR
Lula em viagem aos Emirados Árabes, dia 15 de abril de 2023 / ? Ricardo Stuckert/PR

2) ?? Estados Unidos (9 a 11 de fevereiro de 2023)

Resumo: Lula tratou de defesa da democracia e mudanças climáticas, principalmente. Disse que “sentiu muita vontade” de Biden “participar da construção de um fundo, com todos os países desenvolvidos do mundo”, para proteção do planeta.

Ele ainda defendeu a criação de uma “governança global com mais autoridades” e “que outros países possam participar do Conselho de Segurança [da ONU, a Organização das Nações Unidas], para que algumas decisões de ordem climática sejam tomadas a nível internacional.” Segundo Lula, Bide também estaria disposto a ajudar nesse sentido.

Lula concedeu entrevista exclusiva à CNN Internacional. O governo federal fez a transcrição completa da entrevista, com tradução em português. Consta neste link. E aqui também. O presidente também deu uma entrevista coletiva, após sair da Casa Branca, em sua visita oficial a Biden. O governo federal liberou um compilado de toda a viagem de Lula aos Estados Unidos, incluindo fotos e entrevistas. Leia aqui.

Eis abaixo o vídeo (11min32s) da entrevista coletiva de Lula após encontrar Biden na viagem aos Estados Unidos:

Eis a agenda de compromissos:

  • 11.fev.2023
    • 10h: Partida para Brasília (horário de Washington, que é de 2 horas a menos do que o horário de Brasília)
    • 20h10: Chegada em Brasília (DF)
  • 10.fev.2023
    • 9h: Entrevista (fuso horário: -2h em relação a Brasília)
    • 10h30: Audiência com o Senador Bernie Sanders
    • 11h15: Audiência com Deputados do Partido Democrata
    • 12h: Encontro com representantes da Federação Americana de Trabalho e Congresso de Organizações Industriais (AFL-CIO)
    • 15h30: Fotografia oficial
    • 16h: Reunião com o Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden
    • 16h30: Reunião ampliada com o Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden
  • 9.fev.2023
    • 10h: Partida para Washington
    • 18h10 (horário de Brasília): Chegada à Base Aérea Saint Andrews, em Washington (no local, serão duas horas a menos, portanto 16h)
22.01.2023 - Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva embarca para a Argentina. Foto: Ricardo Stuckert/PR
Lula embarcou para a Argentina no dia 22 de janeiro de 2023, na 1ª de suas viagens internacionais no exercício do seu 3º mandato / ? Ricardo Stuckert/PR

1) ?? Argentina (22 a 24 de janeiro de 2023) e ?? Uruguai (25 de janeiro de 2023)

?? Lula no Uruguai:

Resumo: Em Montevidéo, no Uruguai, Lula se encontrou com o presidente uruguaio de centro-direita Luis Lacalle Pou –um dos poucos da América do Sul que não está ideologicamente alinhado a ele. Falou a Lacalle Pou que está “totalmente de acordo” com a proposta do Uruguai de promover mudanças no Mercosul (Mercado Comum do Sul). Lula disse que os objetivos do presidente uruguaio são justos. A observação, porém, é que Lula quer uma negociação em bloco, ou seja, do Mercosul todo com a China.

Já o presidente do Uruguai tem defendido a possibilidade de seu país negociar acordos comerciais com países fora do bloco de maneira unilateral, ou seja, individual e independente. Inclusive, ele já tem feito isso. Ele negocia –de forma avançada– um tratado de livre comércio com a China, por exemplo. Isso irritou outros integrantes do bloco.

Além dessa história que envolve negociações com a China, Lula reforçou o interesse de aprovar um acordo do Mercosul com a UE (União Europeia). Essa deve ser a prioridade, segundo o presidente brasileiro –antes mesmo de negociações com a China.

Eis a agenda de compromissos:

  • 25.jan.2023
    • 11h: Chegada em Montevidéo
    • 12h: Encontro com Presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, seguido de pronunciamento à imprensa
    • 15h: Entrega da medalha “Más Verde”
    • 16h30: Visita ao ex-presidente uruguaio Pepe Mujica. Depois, retorno ao Brasil.
25.01.2023 - Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante Encontro com o ex-presidente da República Oriental do Uruguai, José Mujica, e com Lucía Topolasnky. Montevidéu - Uruguai. Foto: Ricardo Stuckert/PR
25.01.2023 – Lula em encontro com o ex-presidente do Uruguai, José Mujica, durante uma de suas viagens internacionais / Foto: Ricardo Stuckert/PR

?? Lula na Argentina:

Resumo: Lula criticou a política diplomática do governo anterior, do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL); falou que o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) financiaria um gasoduto argentino; tratou sobre o “Sur”, uma unidade ainda em estudo para facilitar as transações entre os 2 países.

Eis a agenda de compromissos:

  • 24.jan.2023
    • Celac – Hotel Sheraton (eis a nota oficial do governo brasileiro divulgada após o encontro)
      • 9h — Cumprimento oficial – acesso à imprensa para imagens
      • 10h — Previsão de início da Cúpula
      • 13h — Foto Família – com todas as delegações – acesso à imprensa para imagens
      • 15h até 17h – Reuniões bilaterais, com:
        1. presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel
        2. presidente do Conselho Europeu, Charles Michel
        3. diretor-geral da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura), Qu Dongyu;
        4. primeira-ministra de Barbados, Mia Motley
      • 18h — Encerramento da Cúpula

Leia também: #919: Saiba como foi a 1ª semana do governo Lula

  • 23.jan.2023
    • Plaza San Martín
      • 10h30 — Oferenda Floral
    • Casa Rosada
      • 12h — Declaração à imprensa e assinatura de acordos
      • 15h — Participação do Encontro dos Empresários – previsão de imprensa (imagem)
    • CCK (Centro Cultural Kirchner)
      • 19h — Evento cultural – acesso à imprensa para imagens da chegada dos presidentes
  • 22.jan.2023
    • Embarque para a Argentina
23.01.2023 - Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva durante reunião com o Presidente da República Argentina, Alberto Fernández - Casa Rosada, Buenos Aires - Argentina. Foto: Ricardo Stuckert/PR
23.01.2023 – Lula durante reunião com o presidente da Argentina, Alberto Fernández, na Casa Rosada, em Buenos Aires / Foto: Ricardo Stuckert/PR

Acompanhe o Correio Sabiá nas redes sociais, escute nosso podcast diário e apoie nosso trabalho. Há mais de 4 anos damos informação confiável com comodidade, explicando o essencial do noticiário. Acreditamos no empoderamento da audiência a partir do entendimento. Assim, a sociedade pode tomar decisões melhores, baseadas em fatos e evidências.

Como forma de tornar nosso Jornalismo mais participativo, convidamos você a nos dizer se esquecermos de algum evento relevante. Caso tenhamos esquecido, basta entrar em contato: redacao@correiosabia.com.br.

leia mais