Lista: 11 críticas da equipe do novo governo Lula ao governo Bolsonaro

Lista: 11 críticas da equipe do novo governo Lula ao governo Bolsonaro

Transição de governo destaca 11 pontos com críticas ao governo Bolsonaro

Destaques contemplam diversas áreas; Correio Sabiá mostra a íntegra do relatório final da Transição, em PDF
Equipe de transição de Lula listou críticas ao governo Bolsonaro; Correio Sabiá publicou relatório final da transição, em PDF, com diagnósticos sobre a administração pública / Foto: jcomp/Freepik
Equipe de transição de Lula listou críticas ao governo Bolsonaro; Correio Sabiá publicou relatório final da transição, em PDF, com diagnósticos sobre a administração pública / Foto: jcomp/Freepik

O Correio Sabiá tem publicado diversas listas neste site, pois entende que essa é uma maneira de condensar o noticiário e facilitar seu entendimento. Agora, como parte do compromisso de manter você bem informado/a, o Correio Sabiá elenca 11 críticas feitas pela equipe de transição do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Assobio: Por que isso importa? É relevante que você saiba quais são as críticas ao governo Bolsonaro feitas pela equipe de transição, porque isso pode dar indícios de políticas públicas e outras medidas a serem tomadas a partir do dia 1º de janeiro de 2023. 

Essas críticas ao governo Bolsonaro contemplam diferentes áreas da administração pública, como Educação, Saúde, Cultura e Desenvolvimento, por exemplo. Veja abaixo nesta reportagem uma lista de 11 pontos críticos da administração pública mencionados pelo vice-presidente eleito e coordenador da transição de governo, Geraldo Alckmin (PSB).

Ou, se preferir, leia a íntegra do relatório final da transição de governo, em PDF. O documento foi apresentado no dia 22 de dezembro de 2022, com diagnósticos da administração pública e diretrizes do que será feito pelas autoridades que assumirão a partir do dia 1º de janeiro de 2023.

Por princípios de transparência descritos na seção Quem Somos deste site e para empoderar o leitor a partir do entendimento, o Correio Sabiá sempre que possível disponibiliza a íntegra desses documentos.

11 críticas do governo eleito ao governo Bolsonaro

  1. Educação
    1. Nos últimos 3 anos, o número de crianças que não conseguem ler e /ou interpretar textos cresceu de 50 para 70%, o pior resultado em 10 anos;
  2. Cultura
    1. O governo federal reduziu em 85% o orçamento e em 66% o número de servidores da Cultura.
  3. Saúde
    1. Com 2,7% da população mundial, o Brasil registrou 11% do total de óbitos por Covid-19 no mundo, resultado que o colocou como o 2º país com maior número de vítimas;
    1. 34 milhões de cidadãos não receberam nenhuma dose de vacina contra a covid-19;
    2. O governo federal inutilizou 3 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 por perda de validade;
    3. A aplicação de vacinas contra a poliomielite em crianças até 4 anos caiu de quase 100%, em 2015, para 70%, em 2022.
  4. Desenvolvimento social
    1. A hospitalização de crianças por carência alimentar aumentou em 11%, o pior índice dos últimos 14 anos;
    2. Mais da metade da população brasileira (58,7% ou cerca de 125,2 milhões) vive com algum tipo de insegurança alimentar.
  5. Violência contra a Mulher
    1. O Brasil bateu recorde no número de episódios de feminicídio, tendo registrado 700 casos em apenas 6 meses em 2022.
  6. Agricultura
    1. A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) reduziu 95% os estoques de arroz, contribuindo para uma elevação de 19,2% no preço.
  7. Meio Ambiente
    1. O índice de desmatamento na Amazônia aumentou 59% entre 2019 e 2022;
    2. Nos últimos 30 dias (anteriores à publicação do relatório final da transição de governo, no dia 22 de dezembro de 2022), houve um aumento de 1.216% nos focos de incêndio nos estados do Amazonas, Acre e Rondônia.
  8. Infraestrutura
    1. Da malha rodoviária federal com algum contrato de manutenção, 93,66% não possuem serviços de prevenção e restauração de rodovias, sendo servidas apenas por “tapa-buracos”.
  9. Habitação
    1. O governo federal zerou as contratações da faixa 1 (famílias com renda de até R$ 1.800,00) do programa Casa Verde Amarela.
  10. Transparência
    1. 26,5% dos pedidos de acesso a informação requisitados ao governo federal, com base na LAI (Lei de Acesso à Informação), foram negados por decretação de sigilo, número 4 vezes superior à gestão federal anterior.
  11. Relações Exteriores
    1. O Brasil deve a cifra recorde de R$ 5,5 bilhões em aportes obrigatórios junto a organismos internacionais dos quais é membro, como, por exemplo, a ONU (Organização das Nações Unidas).
Vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB) em discurso / Foto: Divulgação/Facebook
Vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB) coordenou a equipe de transição de governo e será ministro a partir do dia 1º de janeiro de 2023 / Foto: Divulgação/Facebook

Para saber a lista completa de autoridades já anunciadas no novo governo, leia esta reportagem que publicamos no Correio Sabiá. Mostramos quais serão os ministros, presidentes de estatais e integrantes de 2º e 3º escalão já anunciados, dividindo por ministérios. Além disso, fazemos atualizações frequentes nesse conteúdo para que você sempre tenha em mãos as informações completas.

Para saber mais sobre as notícias e sobre as nossas iniciativas, continue acompanhando o Correio Sabiá aqui e nas redes sociais (@correiosabia). Fazemos atualizações diárias via site, newsletter e podcast. Sempre de um jeito didático e resumido, para que você realmente entenda o noticiário

leia mais