Leia a íntegra da notícia-crime de Bolsonaro contra Moraes

Leia a íntegra da notícia-crime de Bolsonaro contra Moraes

Leia a íntegra da notícia-crime de Bolsonaro contra Alexandre de Moraes

Em 21 páginas, presidente contestou o ministro do Supremo Tribunal Federal por abuso de autoridade
O ministro Alexandre de Moraes tem uma série de atritos com o presidente Jair Bolsonaro/ Foto: Jane de Araújo/Agência Senado
Solenidade de posse de Milton Ribeiro como ministro da Educação (por videoconferência) / Foto: Isac Nóbrega/PR/16.jul.2020)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) protocolou uma notícia-crime contra o ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), na noite desta segunda-feira (17). A informação foi revelada pelo jornalista Leandro Magalhães, da CNN, e confirmada pelo Correio Sabiá. Agora, o Correio Sabiá publica a íntegra da notícia-crime, como forma de dar maior transparência ao noticiário e facilitar o acesso à informação para você.

  • Leia aqui a íntegra da notícia-crime protocolada pelo presidente Jair Bolsonaro contra o ministro Alexandre de Moraes. O documento tem 21 páginas, no total.

Sempre publicamos íntegras em nosso site, porque acreditamos que esta é uma forma de fazer o leitor ter acesso, exatamente, ao conteúdo primário que deu origem às reportagens no noticiário.

Para ter acesso a todos os canais do Correio Sabiá e receber nosso Jornalismo confiável e independente, você pode acessar os links que estão na home page deste site. Ou (mais fácil) usar a lista abaixo:

Aproveite ainda para ler a íntegra do decreto de Bolsonaro que perdoou o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), que esteve no centro dos atritos com o ministro Alexandre de Moraes. Foi outro documento que publicamos no Correio Sabiá.

Se você quiser saber a diferença técnica entre “indulto” e “graça constitucional”, instrumento usado por Bolsonaro para perdoar Silveira da condenação imposta pelo STF, aqui está a reportagem de contexto que também publicamos no Correio Sabiá, como forma de tornar o noticiário mais compreensível.