Correio Sabiá viaja a Washington, a convite do ICFJ e do governo dos EUA

Correio Sabiá viaja a Washington, a convite do ICFJ e do governo dos EUA

Correio Sabiá viaja a Washington, a convite do International Center for Journalists e do governo dos EUA

Criador e diretor do Correio Sabiá passará duas semanas com empreendedores de mídia da América Latina
Criador e diretor do Correio Sabiá, Maurício Ferro, viaja a Washington para representar a startup em duas semanas de aprendizado com referências do Jornalismo / Foto: Renata Cabral
Criador e diretor do Correio Sabiá, Maurício Ferro, viaja a Washington para representar a startup em duas semanas de aprendizado com referências do Jornalismo / Foto: Renata Cabral

Criador e diretor do Correio Sabiá, Maurício Ferro viaja na noite deste domingo (4.set.2022) a Washington, Estados Unidos, a convite do Departamento de Estado dos EUA e do ICFJ (International Center for Journalists) para representar esta organização jornalística. 

Por que isso importa? Porque a viagem é a trabalho e servirá para aprender sobre Jornalismo e tornar o Correio Sabiá ainda mais útil para você.

Serão duas semanas de networking com outros empreendedores de mídia de países de toda a América Latina. Ao todo, 45, e a viagem será totalmente custeada pelo governo norte-americano. 

A experiência prevê palestras com algumas das maiores autoridades do Jornalismo no mundo, workshops, mentorias, além do contato com jovens que pensam no futuro e na sustentabilidade da imprensa, assim como o diretor desta organização.

O motivo do convite foi uma bolsa (fellowship) num programa de Empreendedorismo e Inovação para a América Latina que Maurício Ferro recebeu do ICFJ –por causa do trabalho no Correio Sabiá– na 1ª metade de 2020. 

“É emocionante olhar tudo o que temos conquistado há tanto tempo. Na época da bolsa, o Correio Sabiá não era nem de perto tão grande quanto é hoje. Este trabalho já dura quase 4 anos. Cada dia que passa é um tijolinho a mais. Aos poucos, estamos construindo uma organização cada vez maior. É lindo ver esse crescimento e reconhecimento gradual que temos obtido. Também é lindo saber que estamos só no começo. Ainda vamos voar muito mais alto”, disse Ferro.

A bolsa em empreendedorismo e inovação obtida pelo Correio Sabiá na figura do criador e diretor desta startup jornalística era organizada pelo ICFJ e custeada com recursos do Departamento de Estado dos Estados Unidos. 

Àquela altura, o programa previa meses de intercâmbio nos Estados Unidos, com imersão em redação de grandes jornais e revistas norte-americanas, tais como Washington Post, The Atlantic, USA Today e Huffington Post, por exemplo.

A pandemia, no entanto, impediu a realização presencial do evento. O programa, então, ocorreu remotamente. 

Agora, passadas as restrições sanitárias decorrentes da pandemia da covid-19, todos os bolsistas contemplados nas edições do programa (atualmente chamado Emerging Media Leaders) desde o 1º semestre de 2020 no programa foram chamados para duas semanas presenciais (in-person trip). 

“É simplesmente fantástico, depois de 2 anos, ter finalmente a oportunidade de conhecer pessoalmente tanta gente incrível cujo contato, até então, era só remoto. Serão dias usados para aprender muito e voltar ao Brasil cheio de ideias para melhorar o Sabiá”, afirmou Ferro.

Washington fica num fuso horário de uma hora a menos que o Brasil (seguindo hora oficial de Brasília). 

Além disso, institucionalmente, o Correio Sabiá entende que essa imersão deve ser tratada como prioridade máxima para desenvolvimento sustentável desta startup jornalística. 

“Um convite para ir a Washington, para fazer networking com referências na área e para aprender sobre Jornalismo com as maiores autoridades do mundo, com quem pensa na profissão, não acontece duas vezes. Por esse motivo, como criador e diretor do Correio Sabiá, tratarei essa ocasião como prioridade da startup”, completou Ferro.

Correio Sabiá tratará viagem a Washington como prioridade institucional para que leitores e ouvintes tenham, na ponta da linha, produtos e serviços melhores para se manterem bem informados / Arte: Alex Abreu
Correio Sabiá tratará viagem a Washington como prioridade institucional para que leitores e ouvintes tenham, na ponta da linha, produtos e serviços melhores para se manterem bem informados / Arte: Alex Abreu

Um dos principais objetivos de uma viagem como essa é ter ideias que possam ser usadas para melhorar o Correio Sabiá. Isso envolve, por fim, fazer a startup jornalística crescer sustentavelmente. Na ponta da linha, os maiores beneficiados serão leitores e ouvintes.

Dito isso, o Correio Sabiá vai se esforçar ao máximo para manter todos os produtos e serviços em pleno funcionamento durante todos os dias, apesar da agenda lotada de compromissos da experiência profissional nos Estados Unidos. 

No entanto, é necessário observar que, em alguns momentos, isso pode não ser possível pelo calendário e por todas as atribuições que a viagem naturalmente exigirá. 

Ou seja, intercorrências na programação do Correio Sabiá podem ocorrer nos próximos dias, mas esta startup conta com a compreensão de todos que nos acompanham por ser uma ocasião única, da qual os maiores beneficiados serão, no fim das contas, os próprios leitores e ouvintes.

“O intuito é continuar com todas as publicações normalmente. Isso envolverá um esforço muito maior, porque o fuso pesa contra e a agenda lotada de compromissos também. De qualquer forma, mesmo que não seja possível pontualmente cumprir com alguma publicação ou serviço, o resultado final valerá a pena, porque trata-se de uma experiência única que vai beneficiar o próprio leitor ou ouvinte do Sabiá”, finalizou Ferro.

Além disso, intensificamos nos últimos meses a transparência da startup, com políticas sólidas editoriais e morais, de combate ao assédio, de missão, visão e valores e códigos de conduta. Todas acessíveis e públicas na seção Quem Somos do site do Correio Sabiá.

Outra iniciativa que o Correio Sabiá adotou foi a divulgação mensal, em forma de balanços, de tudo o que é feito nesta startup.

O Correio Sabiá ainda reforça –e incentiva- e toda e qualquer pessoa que acompanha esta startup entre em contato para dar feedbacks, com críticas, elogios e sugestões de melhorias. É isso o que nos faz voar mais longe. E sempre juntos.  

leia mais