⚡️ #998: Até cirurgia, Lula tem agenda cheia e organiza articulação política

⚡️ #998: Até cirurgia, Lula tem agenda cheia e organiza articulação política

⚡️ #998: Até cirurgia, Lula tem agenda cheia e organiza articulação política

Esta curadoria do Correio Sabiá recebe atualizações para te manter bem informado/a ao longo do(s) dia(s)
Lula na cerimônia de Lançamento da nova Estratégia para o Complexo Econômico-Industrial da Saúde / ? Ricardo Stuckert / PR
Lula na cerimônia de Lançamento da nova Estratégia para o Complexo Econômico-Industrial da Saúde / ? Ricardo Stuckert / PR

Agenda. Com a proximidade da cirurgia de sexta-feira (29), que deve deixá-lo em sua residência oficial (o Palácio da Alvorada) por cerca de 3 semanas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve usar o tempo que lhe resta para organizar sua articulação política. A agenda de Lula nesta quarta (27) é cheia. Começa com telefonema ao presidente da Bolívia, Luis Arce, e logo em seguida já tem uma *reunião em que participam o vice-presidente da República, o ministro da Fazenda, os ministros das áreas de comunicação e os líderes do governo no Congresso, na Câmara e no Senado.

Mais. Há ainda na agenda do Lula a cerimônia de Lançamento das Seleções do Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), o 1º Leilão de Transmissão de 2023, a reunião com a presidente do Banco do Brasil e um encontro com o ministro da Fazenda e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, a quem Lula já criticou diversas vezes publicamente. Lula também tem reunião com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, cujo estado foi atingido por fortes chuvas que deixaram dezenas de mortos. O presidente não visitou a região, e a primeira-dama Janja Lula da Silva é quem fará uma visita nesta quinta (28), junto com uma comitiva ministerial. 

Continuando… Amanhã, quinta (28) e véspera da cirurgia, Lula deve participar da posse do ministro Luís Roberto Barroso como novo presidente do STF (Supremo Tribunal Federal). O governo federal divulgará os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que mostra a abertura ou fechamento de vagas formais no mercado de trabalho. E o Banco Central divulgará seu relatório trimestral de inflação. Aliás… a prévia da inflação de setembro, que foi divulgada ontem (26), foi de 0,35%.

Mais. Ainda na quinta (28), a CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que apura os atos extremistas do 8 de janeiro vota se aceita ou não pedidos para convocar militares. Ontem (26), o colegiado ouviu o general Augusto Heleno, ex-ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) durante o governo Bolsonaro. Ele chamou de “fantasia” as informações de que o tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, participaria de reuniões com comandantes das Forças Armadas. ?? Ao vivo, um deputado da base do governo mostrou uma foto em que Heleno e Cid estão juntos numa reunião desse tipo.

Outro lado. A foto mostra Heleno e Cid próximos, durante uma reunião com Bolsonaro e os comandantes de forças. Os integrantes da oposição disseram que Cid, mais ao fundo, não estava plenamente ativo na reunião. Ou seja, não seria um integrante da reunião, de fato, apesar de aparecer na foto. Além disso, o general também se irritou com a senadora Eliziane Gama (PSD-MA). Contamos os detalhes em nossa curadoria de notícias anterior. ⤵️

General Heleno em reunião com Bolsonaro e os comandantes de forças, das Forças Armadas. Mauro Cid, então ajudante de Ordens, está atrás, no canto à direita / ? Marcos Corrêa/PR
General Heleno em reunião com Bolsonaro e os comandantes de forças, das Forças Armadas. Mauro Cid, então ajudante de Ordens, está atrás, no canto à direita / ? Marcos Corrêa/PR

Relembre como foi nossa curadoria de notícias anterior.

Mantenha-se informado/a sobre os principais eventos desta semana na lista que fizemos, que organiza as principais agendas por data.

  • Leia outras notícias recentes do Correio Sabiá:

Vale sempre lembrar que você pode e deve seguir o Correio Sabiá, @correiosabia, em todas as redes sociais: combatemos a desinformação, porque achamos que uma sociedade bem informada toma decisões melhores.

leia mais