#961: Relembre as notícias da semana em 4 minutos de leitura

#961: Relembre as notícias da semana em 4 minutos de leitura

#961: As notícias essenciais do dia em 4 minutos de leitura

Correio Sabiá poderá fazer atualizações nesta curadoria de notícias para te manter bem informado/a
24.04.2023 - Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante sessão de Abertura do Fórum Empresarial Brasil-Portugal. Centro de Engenharia e Desenvolvimento (CEiiA), Portugal / ? Ricardo Stuckert/PR
24.04.2023 – Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante sessão de Abertura do Fórum Empresarial Brasil-Portugal.
Centro de Engenharia e Desenvolvimento (CEiiA), Portugal / ? Ricardo Stuckert/PR

Assobio: esta curadoria de notícias foi publicada, originalmente, no dia 25 de abril de 2023, às 09h35, mas recebeu atualizações para te manter bem informado/a. As notícias essenciais de cada dia estão abaixo, listadas por data.

As notícias essenciais desta quinta (27) e sexta (28)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) retornou ao Brasil, após viagem a Portugal e à Espanha. Chegou em Brasília (DF) à noite, dia 26, quarta-feira. Cumpriu agenda normal nesta quinta-feira (27.abr.2023).

Uma dessas agendas foi a reunião com representantes de centrais sindicais no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência. O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, participou e anunciou os termos que vão orientar a política de valorização real do salário mínimo.

  • O valor vai subir de R$ 1.302 para R$ 1.320 a partir do dia 1º de maio. Uma MP (medida provisória) vai regularizar isso, junto com um PL (projeto de lei) a ser enviado ao Congresso Nacional. O texto terá que ser aprovado pelos congressistas.

“Os R$ 1.320 vão ser oficializados por Medida Provisória e a Política de Valorização Permanente vai ser apresentada por Projeto de Lei ao Congresso Nacional. Temos este ano para tramitar e a primeira validade será em janeiro do ano seguinte”

Luiz Marinho, ministro do Trabalho e Emprego

Voltando à viagem à Espanha… Além de tratar de mudanças climáticas e defender uma articulação de países para promover a paz entre Rússia e Ucrânia, assuntos já batidos no noticiário (mais detalhes abaixo), Lula mencionou a possibilidade de criar uma unidade comercial para transações entre países integrantes dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Não deu detalhes.

No Brasil, o presidente do Senado (que também é presidente do Congresso), Rodrigo Pacheco (PSD-MG), instalou na quarta-feira (26) uma CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, formada por deputados federais e senadores) para investigar os atos extremistas do dia 8 de janeiro de 2023.

Na Câmara, mesma quarta (26), o presidente Arthur Lira (PP-AL) determinou a instalação de outras 3 CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito). Neste caso, não são mistas –portanto, são compostas só por deputados. São elas:

  1. CPI para investigar fraude nas Americanas;
  2. CPI para investigar suposta manipulação de resultados de partidas de futebol;
  3. CPI para investigar o MST (Movimento dos Sem Terra)

Já o GSI (Gabinete de Segurança Institucional), que está no centro dos debates sobre os atos extremistas do 8 de janeiro de 2023, demitiu na quarta (26) 3 secretários e 26 servidores. O ministro interino do GSI é Ricardo Capelli, número 2 do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Lembrando: o então ministro do GSI, Gonçalves Dias, pediu demissão do cargo depois de a CNN Brasil mostrar vídeo dele transitando entre manifestantes com pautas golpistas no Palácio do Planalto (sede do Poder Executivo) no dia 8 de janeiro.

Capelli assumiu o cargo com a tarefa de promover uma “transformação” na pasta, encarregada (entre outras atribuições) de fazer a segurança do Planalto. Tem feito isso. Nesta quinta-feira (27), Capelli demitiu mais 58 servidores do GSI.

22.04.2023 - Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, Janja, durante cerimônia de boas-vindas com honras militares. Praça do Império, Lisboa - Portugal. / ? Ricardo Stuckert/PR
22.04.2023 – Lula, o presidente português Marcelo Rebelo de Sousa e a primeira-dama Janja em cerimônia de boas-vindas com honras militares / ? Ricardo Stuckert/PR

As notícias essenciais desta quarta (26)

Lula saiu de Portugal no dia 25 de abril de 2023 em direção à Espanha. Neste país, reuniu-se no mesmo dia 25, uma terça-feira, com lideranças sindicais espanholas. Também participou de evento empresarial entre Brasil e Espanha.

Eis o vídeo do discurso de Lula aos empresários:

Eis alguns tópicos abordados pelo Lula no vídeo acima:

  1. Intenção do Brasil em sediar a COP30, a Conferência das Partes, mais importante encontro global para discussão das mudanças climáticas. A sede seria a cidade de Belém, no Pará.
  2. Inclusão do Brasil na indústria do hidrogênio verde.
  3. Intenção de firmar um acordo comercial entre Mercosul e União Europeia.
  4. Avanço de fake news, relacionando-as (com críticas) ao governo anterior;
  5. Isolamento internacional brasileiro dos últimos anos;
  6. Necessidade de estabelecer um diálogo entre países capazes de promover a paz entre Rússia e Ucrânia.

São assuntos que Lula tem comentado habitualmente, principalmente em viagens internacionais. O Correio Sabiá (eu) lista todas as viagens internacionais do Lula em 2023, num conteúdo que recebe atualizações permanentes.

No Brasil, a Câmara aprovou urgência para votação do PL (projeto de lei) nº 2630/2020. A previsão de votação é no dia 2 de maio de 2023, uma terça-feira. (Vou produzir aqui no site um conteúdo com atualizações permanentes para te explicar tudo sobre esse assunto).

Por fim, é relevante que você saiba algumas agendas de quarta-feira (26). Lula, por exemplo (eis a agenda completa dele), disse ontem (25) que trataria hoje (26) com o presidente espanhol Pedro Sánchez sobre a guerra na Ucrânia. Os 2 vão se encontrar. No fim do dia, o presidente brasileiro retorna a Brasília (DF), fazendo escala em Recife (PE).

Já o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) depõe às 9h na sede da PF (Polícia Federal) em Brasília (DF) sobre os atos extremistas do dia 8 de janeiro de 2023.

  • Todos esses eventos constam na Agenda da Semana do Correio Sabiá, que recebe atualizações constantes.

Aliás, ontem (25) recebi importantes validações sobre o Correio Sabiá. Uma delas: um leitor informou que um link na curadoria de notícias do WhatsApp não estava clicável. Isso é muito importante para que eu possa consertar.

No entanto, também é relevante dar feedbacks para que eu saiba o que está dando certo (o que você gosta) para que eu possa manter. Jornalismo deve ser interativo.

Eis o vídeo do meu CEO explicando esse assunto:

Mais do que isso: recebi um pedido de uma assessora de imprensa para inclusão de um evento político na Agenda da Semana. Mostra que o trabalho está sendo bem executado e é relevante para as pessoas do meio da comunicação.

Pontapé inicial para as notícias esta semana (23 a 30.abr)

Demorei um pouquinho mais do que o previsto por causa de um imprevisto, rs. Mas estou aqui, de volta com as curadorias de notícias de um jeito rápido, leve, didático e amigável.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) começa a semana em Portugal. Vai à Espanha na terça-feira (25.abr.2023). ????? O retorno previsto ao Brasil é na quarta-feira (26). ??? Todas as agendas desta e das outras viagens, assim como os discursos, vídeos, compromissos e acordos firmados… enfim, tudo está num conteúdo do Correio Sabiá que lista todas as viagens internacionais do Lula em 2023 e recebe atualizações permanentes para ser um material de consulta.

Lula participou nesta segunda (24) da abertura do Fórum Empresarial Brasil-Portugal, na região do Porto. ? Depois, em Lisboa, participou da cerimônia de entrega do Prêmio Camões, o mais importante da língua portuguesa, ao compositor Chico Buarque. ?? Na terça (25), Lula discursou no Parlamento Português –ou seja, o discurso ocorreu no 49º aniversário da Revolução dos Cravos, quando comemora-se a queda da ditadura de António de Oliveira Salazar.

Mais agenda: ainda é relevante que você saiba que o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, presta esclarecimentos nesta terça (25) à CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado sobre o patamar da taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 13,75% ao ano. ?? Continua a pressão política para uma redução da taxa –principalmente de integrantes do governo federal. O próprio Lula criticou-a nesta viagem à Europa. ?

Fora isso, continuam as disputas na Câmara entre governo e oposição sobre a instalação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que vai investigar os atos extremistas de 8 de janeiro de 2023. ? Até então, a oposição articulava a instalação da CPI. O governo federal articulava contra. Por isso, a oposição argumentava que o governo atribuía aos apoiadores “de direita” a realização das manifestações com pautas antidemocráticas, mas não levava adiante as propostas de investigação.

Já o governo federal dizia que as investigações já estavam sendo realizadas por outras instâncias, com a devida responsabilização dos envolvidos. Por isso, não seria necessário abrir uma CPI. O entendimento era que uma CPI engessaria a pauta legislativa do governo no Congresso, ou seja, tornaria mais difícil a negociação e aprovação de sua agenda. Houve até uma nota oficial do governo federal sobre as pressões por instalação de CPI nesta quarta-feira (19.abr).

Depois da divulgação do vídeo e da demissão do ministro do GSI, o governo federal não deve mais fazer força contra a instalação da CPI para apurar os atos extremistas de 8 de janeiro.

O que vem agora? Por ora, ainda não se sabe quem ficará definitivamente no lugar de Gonçalves Dias. Interinamente, quem assume o cargo é o número 2 do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Capelli (PSB). A CNN Brasil informou que há até possibilidade de extinção do GSI.

Nesta semana, você também deve ver notícias de que o governo também tenta articular uma base para ter projetos prioritários aprovados, como o arcabouço fiscal. ⚓️? Entenda o que é arcabouço fiscal nesta reportagem do Correio Sabiá.

O governo ainda trabalha na “reforma” do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), após queda do ministro, como mostrei na última curadoria de notícias. ??‍♂️ O general Edson Gonçalves Dias, agora ex-ministro do GSI, foi o 1º ministro do governo Lula 2023 a cair. Pediu demissão, depois de reportagem da CNN Brasil mostrar um vídeo do general circulando no Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo, enquanto ocorriam os ataques extremistas do dia 8 de janeiro de 2023.

Contexto. Entre outras atribuições, o GSI é responsável por fazer a segurança do Palácio do Planalto, onde Lula tem gabinete. As imagens expostas pela CNN Brasil, que são do circuito de segurança do próprio Planalto, mostram o Gonçalves Dias circulando no local junto com invasores extremistas.

Por fim, nos Estados Unidos, o presidente Joe Biden lançou sua campanha à reeleição.

Lula entrega a proposta de arcabouço fiscal do governo ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) / ? Ricardo Stuckert/PR
Lula entregou a proposta de arcabouço fiscal do governo ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) / ? Ricardo Stuckert/PR

Relembre abaixo outra curadoria de notícias anterior do Correio Sabiá:

Saiba abaixo como foi a viagem de Lula à China e aos Emirados Árabes e veja alguns trechos jornalisticamente relevantes de declarações dele.

  • Leia outras notícias recentes do Correio Sabiá:

Vale sempre lembrar que você pode e deve seguir o Correio Sabiá, @correiosabia, em todas as redes sociais: combatemos a desinformação, porque achamos que uma sociedade bem informada toma decisões melhores.

leia mais