#918: Lula se reúne com sua equipe de ministros nesta sexta-feira (6)

#918: Lula se reúne com sua equipe de ministros nesta sexta-feira (6)

#918: Lula vai se reunir com sua equipe completa de ministros nesta sexta-feira (6)

Presidente marca reunião com governadores para o dia 27 de janeiro
O presidente Lula em seu gabinete no Planalto / Foto: Ricardo Stuckert
O presidente Lula em seu gabinete no Planalto / Foto: Ricardo Stuckert

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) marcou para esta sexta-feira (6.jan.2023) o 1º encontro com todos os 37 ministros de seu governo. Saiba mais sobre quem faz parte do novo governo Lula nesta reportagem do Correio Sabiá.

Um dos objetivos do encontro seria dar um “freio de arrumação” no 1º escalão, após divergências públicas entre os ministros. Exemplo: o ministro da Previdência, Carlos Lupi (PDT), defendeu uma revisão da reforma tributária feita no governo do ex-presidente Michel Temer (MDB). O ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), foi contra. Com o freio, Lula tentará evitar que essas situações ocorram novamente.

Outro exemplo: o ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), foi contra a ampliação da isenção de impostos para os combustíveis. No entanto, dias depois, o próprio Lula deu mais 60 dias de isenção para a gasolina e o etanol, além de mais 1 ano de isenção para o diesel e o gás de cozinha –GLP (gás liquefeito de petróleo).

No encontro com ministros, Lula também deve definir e ouvir da sua equipe uma série de metas e prioridades para os primeiros 100 dias de governo. O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Geraldo Alckmin (PSB), já teria definido algumas prioridades para apresentar no encontro, segundo reportagem do Metrópoles.

Já para o fim de janeiro, dia 27, Lula marcou uma reunião com os 27 governadores do Brasil. Segundo o site oficial do governo, “o objetivo da reunião é retomar a relação federativa da União com estados e municípios”. De acordo com o ministro Rui Costa, essa relação ficou “paralisada nos últimos anos”.

O novo governo Lula pretende fazer encontros regulares com governadores e prefeitos. Assim, amplia o alcance das políticas de governo e das políticas públicas para diferentes áreas (Saúde, Educação, Infraestrutura, Segurança Pública, etc.).

Lembrando: em âmbito internacional, Lula recebeu na última segunda-feira (2.jan.2023) uma série de autoridades de vários países. Os encontros ocorreram no Palácio do Itamaraty, sede das Relações Exteriores do Brasil, em Brasília (DF).

O Correio Sabiá lista todos os compromissos presidenciais na Agenda da Semana, conteúdo que tem a previsão dos principais eventos políticos e econômicos deste e dos próximos dias. É uma forma de dar mais previsibilidade ao noticiário.

Não esqueça de financiar nosso trabalho, porque assim a sua experiência no Correio Sabiá fica melhor e você ainda ajuda no combate à desinformação.

Ministros têm solenidades de posse ao longo da semana

Enquanto isso, os ministros do novo governo Lula têm participado de solenidades de posse ao longo desta semana. A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, teve sua cerimônia no Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo. O salão nobre estava lotado.

A cerimônia da ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, ocorre nesta quinta-feira (5.jan.2023).

O ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida, fez um discurso forte em sua posse e ficou no 1º lugar dos assuntos mais comentados do Twitter. Assista a um trecho:

Aliás, eis alguns destaques dos ministros em suas posses:

  1. O ministro Flávio Dino (Justiça e Segurança Pública) prometeu empenho para descobrir as motivações do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ). Dino deverá tentar federalizar o caso. (*Nota: Aliás, a irmã da vereadora, Arielle Franco, virou ministro da Igualdade Racial. Ela é graduada em Inglês e Literaturas pela UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) e em Jornalismo pela Universidade Estadual da Carolina do Norte (Estados Unidos).
  2. O ministro Fernando Haddad (Fazenda) reafirmou seu compromisso de entregar uma proposta de nova regra fiscal que possa substituir o atual teto de gastos (aquela regra que limita o crescimento das despesas públicas e vem sendo descumprida nos últimos anos).
  3. O ministro Wellington Dias (Desenvolvimento Social) disse que irá reformular o Bolsa Família (atualmente chamado de Auxílio Brasil) para que o programa contemple famílias que têm o direito ao benefício mas não o recebem (e também para vedar o recebimento por famílias que não têm o direito).

Eis alguns dados da nova equipe ministerial:

  • Lula começa seu 3º mandato como presidente da República com 37 ministros, ante 22 do governo Bolsonaro. (*Nota: esse aumento de ministérios não implica aumento de gastos de pessoal).
  • Desses 37 ministros, 11 são mulheres (quase 1/3). No governo Bolsonaro, de 22 ministros, 2 eram mulheres (menos de 1/10).
  • Desses 37 ministros, 5 são negros(as). No governo Bolsonaro, não havia negros no 1º escalão.
01.01.2023 – Luiz Inácio Lula da Silva assume pela 3ª vez a Presidência da República e torna-se o 39º Presidente do Brasil.. Após a cerimônia de posse posa para fotos com seu ministério / Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação
Eis a equipe ministerial de Lula que tomou posse neste domingo (1º.jan.2023) / Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação

Para saber mais sobre os integrantes do novo governo Lula, tenha atenção que, no Correio Sabiá, fizemos uma reportagem completa que lista os ministros, assim como integrantes do 2º e 3º escalão, líderes do governo no Congresso, presidentes de estatais e autarquias. Veja abaixo:

É necessário observar que o senador Jean Paul Prates (PT-RN), indicado para presidir a Petrobras, e o ex-ministro Aloízio Mercadante, indicado para presidir o BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social), para que possam assumir as estatais, precisam que as mudanças na Lei das Estatais aprovadas na Câmara também sejam aprovadas, neste ano, no Senado. Também explicamos isso numa reportagem completa do Correio Sabiá que pode ser lida abaixo:

Relembre como foi a posse de Lula no dia 1º de janeiro de 2023

Vale sempre lembrar que você pode e deve seguir o Correio Sabiá, @correiosabia, em todas as redes sociais: combatemos a desinformação, porque achamos que uma sociedade bem informada toma decisões melhores.

Este resumo costuma ser enviado por volta das 7h para quem financia o Correio Sabiá. O financiamento é voluntário e MUITO importante para continuarmos fazendo nosso trabalho. Em seguida, por volta das 8h, foi enviado gratuitamente para mais de 3,5 mil leitores do Correio Sabiá no WhatsApp, como forma de distribuir conteúdo confiável nas redes e combater a desinformação. Clique aqui para receber.

leia mais