#871: Lula e Bolsonaro chamam um ao outro de 'mentiroso' em debate

#871: Lula e Bolsonaro chamam um ao outro de 'mentiroso' em debate

#871: Lula e Bolsonaro chamam um ao outro de ‘mentiroso’ em debate na Band

Candidatos focaram em realizações de seus governos e trocaram acusações, mas mostraram poucas propostas
Lula e Bolsonaro durante debate na Band. Candidatos puderam circular livremente pelo palco ficaram lado a lado / Foto: Reprodução
Lula e Bolsonaro durante debate na Band. Candidatos puderam circular livremente pelo palco ficaram lado a lado / Foto: Reprodução

O resumo do resumo:

  • Lula e Bolsonaro fazem 1º debate presidencial do 2º turno, num formato diferente do habitual em que puderam administrar livremente o tempo em 2 blocos de 15 minutos, cada;
  • Correio Sabiá cria tempo real em seu site no final de semana e mostra atualizações das notícias; Fundador do Novo, Amoêdo declara voto em Lula; partido rebate;
  • ‘Pintou um clima’, diz Bolsonaro sobre menina venezuelana de 14 anos, ao relatar caso em que suspeitou de prostituição infantil; Moraes manda vídeo sair das plataformas digitais e proíbe PT de usá-lo em campanha

Financie o nosso jornalismo independente. Assim, você nos ajuda no combate à desinformação e ganha uma experiência ainda melhor com o Sabiá.

  • Clique aqui para acessar a Agenda da Semana, onde você encontrará os principais eventos políticos e econômicos esperados para hoje e para os próximos dias.

Agora, pegue o seu café e vamos à curadoria completa das notícias essenciais:

Bolsonaro e Lula trocam acusações em debate

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tiveram neste domingo (16) o seu 1º debate presidencial do 2º turno. O formato do evento foi diferente do habitual. Houve 2 blocos de 15 minutos cada um, nos quais os candidatos puderam administrar o tempo livremente entre perguntas, respostas, réplicas e tréplicas. Puderam ainda transitar livremente pelo palco e chegaram a ter contato físico.

Os candidatos chamaram um ao outro de “mentiroso” e exaltaram feitos dos seus governos, mas discutiram menos as propostas que pretendem levar adiante a partir de 2023, caso sejam eleitos. O Correio Sabiá enviou no próprio domingo, via WhatsApp, o link de transmissão do debate.

Aliás, esta semana terá mais debates presidenciais. Você pode conferir o calendário completo dos principais eventos políticos e econômicos na Agenda da Semana, conteúdo que publicamos aos domingos e atualizamos diariamente.  

Para ouvir algumas declarações dos candidatos durante o debate, recomendamos que você siga nosso podcast diário na sua plataforma preferida de streaming. Saiba onde ouvir.

Em tempo real, Correio Sabiá mostra que Amoêdo anunciou voto em Lula

No final de semana, o Correio Sabiá criou um tempo real neste site para que você pudesse acompanhar as principais notícias enquanto não voltávamos com as curadorias de notícias, que são enviadas de segunda a sexta.

Mostramos que o fundador do Partido Novo, João Amoêdo que foi candidato à Presidência em 2018, declarou que vai votar em Lula no 2º turno. O anúncio expôs divergências políticas no partido. Em nota, a própria legenda fez críticas ao seu fundador.

“É absolutamente incoerente e lamentável a declaração de voto de João Amoêdo em Lula,* que sempre apoiou e financiou ditadores e protagonizou os maiores escândalos de corrupção da história. Seu posicionamento não representa o Partido Novo e vai contra tudo o que sempre defendemos”, disse a nota.

Donos do detergente Ypê financiam Bolsonaro

Quem ficou do lado de Bolsonaro foi a família Beira, que controla a marca de produtos de limpeza Ypê, do detergente. Juntos, 3 integrantes da família que fazem parte do conselho de sócios da Ypê doaram R$ 1 milhão para a campanha de Bolsonaro, sendo R$ 500 mil de Jorge Eduardo Beira, R$ 250 mil de Ana Maria Veroneze Beira e R$ 250 mil de Waldir Beira Junior.

Cerimônia de posse do ministro Alexandre de Moraes como presidente do TSE - 16/08/2022 Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE
Moraes proibiu o PT de usar em campanha um vídeo de Bolsonaro falando sobre meninas venezuelanas / Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE

‘Pintou um clima’, diz Bolsonaro sobre menina venezuelana de 14 anos

Depois de ter vídeos sobre aborto, canibalismo e maçonaria que se tornaram virais nas redes sociais, Bolsonaro virou assunto do momento no Twitter após dar declarações de que “pintou um clima”, segundo ele, com uma menina venezuelana em torno de 14 ou 15 anos que estava se arrumando para “ganhar a vida”. A declaração foi amplamente usada pela oposição nas redes sociais.

Eis a repercussão:

  • Bolsonaro disse que o PT “ultrapassou todos os limites” ao vinculá-lo a pedofilia.
  • A primeira-dama Michelle Bolsonaro disse que o marido tem mania de dizer “pintou um clima” para tudo.
  • O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes, determinou a retirada do vídeo das plataformas digitais e proibiu o uso político pela oposição.
  • Já as meninas venezuelanas disseram que a casa fazia parte de um abrigo social e que, no dia, havia prática de estética. 

Saiba ainda os detalhes da guerra na Ucrânia numa reportagem que temos no Correio Sabiá e que recebe atualizações constantes.

Vale sempre lembrar que você pode e deve seguir o Correio Sabiá, @correiosabia, em todas as redes sociais: combatemos a desinformação, porque achamos que uma sociedade bem informada toma decisões melhores.

Este resumo costuma ser enviado por volta das 7h para quem financia o Correio Sabiá. O financiamento é voluntário e MUITO importante para continuarmos fazendo nosso trabalho. Em seguida, por volta das 8h, foi enviado gratuitamente para mais de 3,5 mil leitores do Correio Sabiá no WhatsApp, como forma de distribuir conteúdo confiável nas redes e combater a desinformação. Clique aqui para receber.

leia mais