#868: IBGE divulga nova deflação em setembro, desta vez de -0,29%

#868: IBGE divulga nova deflação em setembro, desta vez de -0,29%

#868: IBGE divulga nova deflação em setembro, desta vez de -0,29%

IBGE divulga IPCA de setembro e aponta nova deflação, desta vez de -0,29%
Sabiá: O IBGE apontou para uma nova deflação em setembro, a 2ª seguida / Foto: Andre Taissin/Unsplash
Sabiá: O IBGE apontou para uma nova deflação em setembro, assim como tinha ocorrido em agosto / Foto: Andre Taissin/Unsplash

O resumo do resumo:

  • IBGE divulga nova deflação em setembro: -0,29%; mercado reduz pela 15ª vez seguida a expectativa de inflação até o fim do ano;
  • Ex-presidente do Novo, João Amoêdo critica Bolsonaro por proposta de aumentar número de ministros do STF e recebe cobrança de deputado do próprio partido;
  • Tebet diz ser necessário ‘colocar juízo’ na campanha de Lula para não afastar eleitorado que não é petista e vota contra Bolsonaro; ex-presidente volta a dizer que definirá ministros apenas se for eleito

Financie o nosso jornalismo independente. Assim, você nos ajuda no combate à desinformação e ganha uma experiência ainda melhor com o Sabiá.

  • Clique aqui para acessar a Agenda da Semana, onde você encontrará os principais eventos políticos e econômicos esperados para hoje e para os próximos dias.

Agora, pegue o seu café e vamos à curadoria completa das notícias essenciais:

IBGE aponta nova deflação em setembro: -0,29%

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta terça-feira (11.out.2022) a inflação de setembro, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo): -0,29%. Ou seja, mais uma deflação. Isso quer dizer que, ao invés de ocorrer uma alta geral dos preços, houve uma baixa geral de preços. No Correio Sabiá, explicamos o que é deflação e quais os seus efeitos.

Essa foi a menor variação para um mês de setembro desde o início da série histórica do IPCA, que acumula alta de 4,09% neste ano. Nos últimos 12 meses, o aumento geral dos preços é de 7,17%, abaixo dos 8,73% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Para efeito de comparação, em setembro de 2021, a variação do IPCA havia sido de 1,16%.

Além disso, o mercado reduziu nesta segunda-feira (10.out), pela 15ª vez consecutiva, a previsão de inflação até o fim deste ano, conforme informações do Boletim Focus, que reúne as previsões dos principais agentes do mercado. Agora, a expectativa passou de 5,74% para 5,71% na passagem semanal.

Tanto a divulgação do Boletim Focus como a divulgação do resultado da inflação constam na nossa Agenda da Semana, conteúdo publicado todo domingo em nosso site e atualizado diariamente para que você saiba os principais eventos do dia. Consulte.

Agosto teve a maior deflação da história aferida pelo IPCA / Foto: Morgan Housel/Unsplash
Agosto teve a maior deflação da história aferida pelo IPCA / Foto: Morgan Housel/Unsplash

Amoêdo critica Bolsonaro por proposta de aumentar ministros do STF

Ex-presidente do partido Novo e ex-candidato à Presidência em 2018, João Amoêdo criticou a proposta do presidente Jair Bolsonaro (PL) de aumentar o número de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). De acordo com Amoêdo, esse aumento é um risco grave para a independência dos Poderes.

A crítica de Amôedo ocorreu no Twitter e foi respondida pelo deputado federal Marcel van Hattem (Novo-RS), que é próximo dos Bolsonaro, principalmente do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP).

O caso expõe publicamente problemas dentro do Partido Novo, que elegeu apenas 3 deputados federais, ante 8 na eleição de 2018. A legenda caiu na chamada cláusula de barreira, ou seja, não atingiu 2% dos votos no Brasil. Isso significa que não terá direito a receber valores do fundo partidário na próxima eleição nem terá direito a usar tempo de rádio e TV para propaganda política.

Tebet fala em ‘colocar juízo’ na campanha de Lula

Já a senadora e ex-candidata à Presidência Simone Tebet (MDB-MS), que definiu apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmou ser necessário “colocar juízo” na campanha de Lula. Eis alguns problemas apontados pela congressista:

  • Tebet reclama que tem sido entoada em eventos petistas a música que diz que “vai dar PT, vai dar”. Na visão dela, isso tem potencial de afastar eleitores que votam anti-Bolsonaro. Tebet diz que a população está votando contra Bolsonaro, e não no PT.
  • Tebet acha necessário preparar grandes eventos voltados para as mulheres, algo que a campanha de Bolsonaro estaria fazendo com a ajuda da ex-ministra Damares Alves, agora eleita senadora, e da primeira-dama Michelle Bolsonaro (https://cutt.ly/4Bcn2fl).
  • Tebet também acha necessário retirar o vermelho das ruas e dar lugar a outras cores para atrair um eleitor menos simpático ao PT.

Lula volta a dizer que só revela ministros se for eleito

Outro assunto relevante a respeito da campanha de Lula é a escolha dos ministros (ou melhor, a não escolha), porque é algo que o petista tem relutado em anunciar e que tem causado cobranças de aliados e críticas de opositores.

O ex-presidente voltou a dizer nesta segunda (10) que só vai anunciar a equipe se ganhar as eleições. Como formou uma frente ampla, Lula sabe que, se definir nomes agora, poderá perder apoios no pleito.

Vale sempre lembrar que você pode e deve seguir o Correio Sabiá, @correiosabia, em todas as redes sociais: combatemos a desinformação, porque achamos que uma sociedade bem informada toma decisões melhores.

Este resumo costuma ser enviado por volta das 7h para quem financia o Correio Sabiá. O financiamento é voluntário e MUITO importante para continuarmos fazendo nosso trabalho. Em seguida, por volta das 8h, foi enviado gratuitamente para mais de 3,5 mil leitores do Correio Sabiá no WhatsApp, como forma de distribuir conteúdo confiável nas redes e combater a desinformação. Clique aqui para receber.

leia mais