#852: TSE proíbe porte de armas no dia da eleição, em outubro

#852: TSE proíbe porte de armas no dia da eleição, em outubro

#852: TSE proíbe porte de armas no dia da eleição

Em 3 anos, quantidade de registro de armas de CACs quase triplicou, chegando a 1 milhão de armas
Homem atira num clube de tiro / Foto: LOGAN WEAVER | @LGNWVR/Unsplash
Sabiá: Número de armas registradas na região amazônica aumentou 700% / Foto: LOGAN WEAVER | @LGNWVR/Unsplash

Neste resumo você encontrará alguns desses tópicos:

  • Armas registradas por CACs quase triplica nos últimos 3 anos e chega à marca de 1 milhão; TSE proíbe porte de armas no dia da eleição;
  • Agenda: Bolsonaro encontra presidente do Paraguai nesta quarta-feira (31); à noite, participa de sabatina na CNN Brasil; em sabatina na CNN, Felipe D’Avila (Novo) defende reforma do STF com fim das decisões monocráticas;
  • IBGE divulga taxa de desemprego: 9,1% no trimestre terminado em julho, menor nível desde o trimestre encerrado em janeiro de 2016

Financie o nosso jornalismo independente. Assim, você nos ajuda no combate à desinformação e ganha uma experiência ainda melhor com o Sabiá.

  • Clique aqui para acessar a Agenda da Semana, onde você encontrará os principais eventos políticos e econômicos esperados para hoje e para os próximos dias.

Agora, pegue o seu café e vamos à curadoria das notícias essenciais:

Número de armas registradas por CACs quase triplica em 3 anos

Em 3 anos, o número de armas registradas por caçadores, colecionadores e atiradores, os chamados CACs, quase triplicou e chegou à marca de 1 milhão. Os dados são do Exército e foram obtidos pelos institutos Igarapé e Sou da Paz por meio da LAI (Lei de Acesso à Informação). A divulgação desses dados foi feita pelo G1. Eis alguns números:

  • Só na região amazônica, o número de armas registradas aumentou em 700%.
  • São Paulo é onde há a maior quantidade de armas: quase 280 mil armas. 

TSE proíbe porte de armas no dia da eleição, em outubro

A divulgação da quantidade de registros de armas ocorre no mesmo momento em que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) proibiu o porte de armas no dia da eleição, em outubro, conforme julgamento feito nesta terça-feira (30).

Mostramos no Correio Sabiá –tanto no episódio do podcast quanto na curadoria que enviamos pelo WhatsApp e publicamos neste site– que esse julgamento iria ocorrer.

Aliás, esse julgamento também consta na Agenda da Semana, material que publicamos aos domingos e atualizamos diariamente para que você saiba as principais notícias do dia.

Imagem mostra uma bala / Foto: danilo.alvesd/Unsplash
Imagem mostra uma bala / Foto: danilo.alvesd/Unsplash

Bolsonaro tem sabatina na CNN na noite desta quarta-feira (31)

Também consta na Agenda da Semana que o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem sabatina na CNN Brasil, nesta quarta-feira (31), às 20h.

Mais cedo, Bolsonaro vai estar no Paraná, onde encontra o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, em Foz do Iguaçu, em visita técnica às obras da Ponte da Integração, na fronteira entre os 2 países.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fará visita a Manaus (AM), onde participa do ato Todos Juntos pelo Amazonas. Lula ainda participa de entrevista, de manhã, à Rádio Clube do Pará.

E o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou na manhã desta quarta-feira (31) a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) Contínua, que mede o desemprego no Brasil, relativa a julho.

A taxa ficou em 9,1% no trimestre móvel encerrado em julho (maio, junho e julho): 9,1%, sendo este o menor nível de brasileiros desocupados (9,9 milhões de pessoas) desde o trimestre encerrado em janeiro de 2016.

Candidato do Novo defende reforma do STF com fim de decisões individuais dos ministros

Como falamos da entrevista da CNN com Bolsonaro nesta quarta-feira (31), você ainda precisa saber (caso não saiba) que todos os outros principais candidatos estão sendo entrevistados nesta semana, exceto Lula, que vai participar só no dia 12 de setembro.

Nesta terça (30), por exemplo, o entrevistado foi o candidato Felipe D’Avila (Novo), que defendeu uma reforma do STF (Supremo Tribunal Federal), para que não haja mais a possibilidade de decisões monocráticas, ou seja, decisões individuais.  

Vale sempre lembrar que você pode e deve seguir o Correio Sabiá, @correiosabia, em todas as redes sociais: combatemos a desinformação, porque achamos que uma sociedade bem informada toma decisões melhores.

Este resumo foi enviado por volta das 7h para quem financia o Correio Sabiá. O financiamento é voluntário e MUITO importante para continuarmos fazendo nosso trabalho. Em seguida, por volta das 8h, foi enviado gratuitamente para mais de 3,5 mil leitores do Correio Sabiá no WhatsApp, como forma de distribuir conteúdo confiável nas redes e combater a desinformação. Clique aqui para receber.

leia mais