Resumo de notícias #673 do Correio Sabiá (25.nov) – Comece o seu dia voando

Resumo de notícias #673 do Correio Sabiá (25.nov) – Comece o seu dia voando
Encontro entre o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez / Foto: Alan Santos/PR

Resumo de notícias #675 do Correio Sabiá (25.nov) – Comece o seu dia voando

Bolsonaro trata de renegociação de Itaipu com presidente do Paraguai; de manhã, presidente foi condecorado na Câmara
Encontro entre o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, é um dos destaques do Correio Sabiá / Foto: Alan Santos/PR
Encontro entre o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez / Foto: Alan Santos/PR
  • Bolsonaro recebe presidente do Paraguai no Planalto e trata de renegociação de tarifas de Itaipu Binacional; presidente foi condecorado na Câmara;
  • Alcolumbre destrava sabatina de André Mendonça na CCJ do Senado e confirma evento na semana que vem;
  • Senadores cobram aperfeiçoamentos na PEC dos Precatórios, e líder do governo inclui emenda que permite elevar valor de programas sociais sem indicar fonte de receita

Executivo.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu ontem o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, no Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo. O encontro ocorreu à tarde e teve participação do ministro Bento Albuquerque (Minas e Energia). Os 2 falaram da renegociação de tarifas de Itaipu Binacional. 

  • Clique aqui para receber este resumo do Correio Sabiá no seu WhatsApp

Contexto.

Os 2 países têm até 2023 para definir a questão. Pelo tratado, Brasil e Paraguai têm direito a 50% da energia gerada na usina e vendem ao outro o que não usarem. Só que o Paraguai se queixa de que o Brasil paga pouco pela energia adicional e quer poder vender a outros países a energia excedente.

Bolsonaro é homenageado com a Medalha Mérito Legislativo, durante sessão solene na Câmara / Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Bolsonaro é homenageado com a Medalha Mérito Legislativo, durante sessão solene na Câmara / Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Educação.

Bolsonaro disse num evento que queria uma questão sobre ditadura militar no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Ocorre que, na verdade, desde o início do governo Bolsonaro não há uma questão na prova sobre esse tema. O presidente deu a declaração num evento de certificação de escolas que aderiram ao modelo cívico-militar.

  • Este resumo de notícias foi originalmente compartilhado nos grupos do Correio Sabiá no WhatsApp. Clique aqui para fazer parte.

Legislativo.

De manhã, Bolsonaro foi à Câmara, onde recebeu a medalha do mérito Legislativo sob gritos de “mito” e “genocida”, a depender do deputado. Outras 31 personalidades também foram condecoradas, entre elas o Papa Francisco. Bolsonaro saiu a pé do Planalto.

O presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), confirmou que a sabatina da indicação de André Mendonça para o STF (Supremo Tribunal Federal) ocorrerá na semana que vem

Na mesma CCJ, senadores cobraram aperfeiçoamentos na PEC (proposta de emenda à Constituição) dos Precatórios, que abre espaço para pagamento do Auxílio Brasil. Aliás, uma emenda incluída pelo líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), que é o relator da PEC, permite elevar o Auxílio Brasil sem indicar a fonte de recursos.

A emenda incluída por Bezerra libera elevar o valor de programas sociais de maneira permanente sem indicar de onde vai sair o dinheiro. Na prática, a emenda pode autorizar o governo a driblar a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), que é um mecanismo para evitar o aumento descontrolado dos gastos públicos.

Meio Ambiente.

Por fim, não deixe de ver as 15 cidades com pior qualidade do ar, que estão na Índia (13) e na China (2), de acordo com a empresa suíça de tecnologia IQAir. O Correio Sabiá publicou a lista aqui.

leia mais