Agenda da Semana (14.mar): saiba a pauta política dos próximos dias

Agenda da Semana (14.mar): saiba a pauta política dos próximos dias

Agenda da Semana (14.mar): saiba a pauta política dos próximos dias

Semana tem decisão sobre taxa de juros no Brasil e nos EUA; no radar, combustíveis e guerra na Ucrânia
Agenda da Semana: CCJ do Senado pode votar PEC da reforma tributária / Foto: Cathryn Lavery/Unsplash
Agenda da Semana: CCJ do Senado pode votar PEC da reforma tributária / Foto: Cathryn Lavery/Unsplash

A Agenda da Semana é mais uma iniciativa do Correio Sabiá para tentar tornar o noticiário político mais fácil de compreender. Ao entrar neste site na 2ª feira, você sempre encontrará um calendário de alguns eventos relevantes que nossa equipe conseguiu mapear.

Fazemos a separação dos eventos por dia da semana e, quando possível, informamos ainda a data e local onde cada evento ocorrerá, se for o caso.

Toda vez que mencionamos um PL (projeto de lei), por princípio editorial, damos o link para o referido projeto. Assim você pode ver na íntegra do que se trata, se for do seu interesse.

O Correio Sabiá também sempre dá o link para outros veículos jornalísticos, quando é o caso de mostrar a referência do conteúdo ou dar os créditos. Acreditamos que o bom Jornalismo deve ser feito assim.

  • Clique aqui para receber o resumo do Correio Sabiá no seu WhatsApp

Veja a Agenda desta Semana:

2ª feira (14):

  • Guerra. 4ª rodada de negociações entre Rússia e Ucrânia. 
  • China. A China deve divulgar dados de emprego, varejo e produção industrial.
  • Empresas. Gol e Magazine Luize divulgam seus resultados corporativos. 

3ª feira (15):

  • Copom. 1º dia da reunião do Copom (Comitê de Política Monetária). 
  • Fomc. 1º dia da reunião do Comitê de Mercado Aberto do Banco Central dos Estados Unidos (Fomc, na sigla em inglês).
  • Estados Unidos. Divulgação do índice de preços ao produtor.
  • Europa. Divulgação da produção industrial da União Europeia.

4ª feira (16):

  • Copom. 2º dia da reunião do Copom com anúncio esperado de aumento da taxa básica de juros, a Selic, de 10,75% para 11,75% ao ano, que seria a maior desde fevereiro de 2017. Pesa para o aumento a inflação de fevereiro mais alta doque o esperado (1,01%), com a guerra na Ucrânia e os combustíveis mais caros.
  • Fomc. 2º dia da reunião do Fomc. O Fed (Federal Reserve) está pressionado pela inflação alta, a maior em décadas. A reunião de março é aguardada por investidores, porque é nela que o Fed deve dar início ao ciclo de aperto da taxa de juros nos EUA. Atualmente, os juros no país estão próximos a zero, e a dúvida é sobre a intensidade com a qual o Fomc subirá a taxa.
  • Estados Unidos. Divulgação das vendas do varejo norte-americano em fevereiro.
  • Senado. CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado pode votar a PEC (proposta de emenda à Constituição) nº 110/2019, que trata da reforma tributária.
  • Senado. Também está na pauta da CCJ a PEC 24/2021, que muda a regra para a contagem do tempo de contribuição de mulheres para a Previdência Social.

5ª feira (17):

  • Congresso. Senadores e deputados federais analisam 31 vetos do presidente Jair Bolsonaro (PL). Entre esses itens estão temas relativos à proposta de privatização da Eletrobras, ao Programa de Estímulo ao Transporte por Cabotagem (BR do Mar), ao Orçamento e à venda direta do etanol.
  • IBGE. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulga a Pesquisa Mensal de Serviços de janeiro. 
  • Prévia do PIB. Divulgação do IBC-Br, chamado de “prévia do PIB”, do Banco Central. 
  • Estados Unidos. Divulgação dos dados de produção industrial dos EUA em fevereiro. 
  • Inglaterra. Banco Central da Inglaterra decide se voltará ou não a subir juros.

6ª feira (18):

  • Desemprego. Divulgação da taxa de desemprego medida pela Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) Contínua, referente a janeiro. 

Radar:

  • Guerra. Conflitos entre Rússia e Ucrânia; possibilidades de negociação de cessar-fogo; ou de maior participação da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), com mais sanções aos russos.
  • Combustíveis. Após reajuste dos preços pela Petrobras, o valor dos combustíveis deve aumentar nesta semana para consumidor.
Campanha de apoio do Correio Sabiá: Vacina contra a desinformação

leia mais