Agenda (27.mar a 2.abr): o que acompanhar nesta semana

Agenda (27.mar a 2.abr): o que acompanhar nesta semana

Agenda (27.mar a 2.abr): o que acompanhar nesta semana

Correio Sabiá faz atualizações diárias nesta reportagem para dar previsibilidade ao noticiário
Agenda da Semana: Correio Sabiá monitora os principais eventos políticos e econômicos diariamente / Foto: visuals/Unsplash

Agenda da Semana: Correio Sabiá monitora os principais eventos políticos e econômicos diariamente / Foto: visuals/Unsplash

A Agenda da Semana é uma iniciativa do Correio Sabiá para facilitar o entendimento e dar mais previsibilidade ao noticiário. Se esquecermos algo, avise aqui: redacao@correiosabia.com.br. 

*A publicação original desta Agenda da Semana ocorreu no dia 27 de março de 2023, às 9h34, mas fizemos atualizações para te deixar mais bem informado/a.

Para manter no radar:

  • Congresso. Disputas políticas entre Câmara e Senado por causa da tramitação de MPs (medidas provisórias). Publicamos uma reportagem que conta tudo sobre essa disputa e que recebe atualizações constantes, como todos os nossos conteúdos.
  • Âncora fiscal. Continuam as discussões do arcabouço fiscal, que vai substituir a regra do teto de gastos.
  • Impostos. Discussões sobre a reforma tributária.
  • Banco Central. Como mostramos em curadorias de notícias anteriores, acabaram os mandatos dos diretos do Banco Central de Política Monetária e Fiscalização. Ainda não houve a confirmação dos novos indicados. É relevante monitorar.
  • Bolsonaro. Eventual retorno do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Brasil.

Veja abaixo a Agenda da Semana:

Segunda-feira (27):

  • Lula. Eis a lista completa de compromissos:
    • Sem compromissos divulgados até a última atualização desta reportagem.
  • Boletim Focus. Divulgação do Boletim Focus pelo Banco Central, com as expectativas do mercado sobre os principais indicadores econômicos do país. 
  • Câmara. Início do esforço concentrado para votar 13 MPs (medidas provisórias).
  • Economia. O Banco Central divulga a nota do setor externo.
  • China. A equipe do Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária) participa de encontro multissetorial com a All China Federation of Supply and Marketing Cooperatives. Neste mesmo dia, ocorre o Fórum China-Brasil de Desenvolvimento Sustentável, promovido pelo Centro Brasileiro de Relações Internacionais.

Terça-feira (28):

  • Ata do Copom. O Banco Central divulga a ata da última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), que decidiu manter a taxa básica de juros, a Selic, no mesmo patamar: 13,75% ao ano.
  • Alckmin. Às 9h, o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) participa da abertura da 24ª edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. O evento reunirá mais de 10 mil pessoas, no CICB (Centro Internacional de Convenções do Brasil). Segue até quinta-feira (30). Também participam do encontro: o presidente da CNM (Confederação Nacional de Municípios), Paulo Ziulkoski, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o presidente em exercício do Senado na data, Veneziano Vital do Rêgo, ministros e congressistas. A organização é da CNM.  
  • Lula. Concentra agenda no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, onde deve receber autoridades para dar seguimento às agendas do governo federal.
  • Câmara. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, é convidado a comparecer à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara. Deve esclarecer: as mudanças na política de controle de armas do governo federal; as ações adotadas no âmbito de seu ministério e do governo após os ataques ocorridos no dia 8 de janeiro; a visita que fez ao Complexo da Maré, no último dia 13 de março; e as manifestações de discriminação social e racial e criminalização da pobreza relacionadas ao episódio; além de fazer um balanço dos primeiros meses de atuação à frente do ministério, citando prioridades e diretrizes para o resto do ano. 
  • China. A equipe do Mapa faz visitas técnicas para reforçar as parcerias e cooperações técnico-científicas voltadas para o desenvolvimento sustentável do agronegócio brasileiro.

Quarta-feira (29):

  • Emprego. Divulgação dos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) de fevereiro. O Caged mostra o saldo de vagas de trabalho formal; ou seja, diz se houve abertura (saldo positivo) ou fechamento (saldo negativo).
  • Mercado. Divulgação de estatísticas monetárias e de crédito de fevereiro.
  • China. Equipe do Mapa participa do Seminário Brasil-China e faz encontros setoriais.

Quinta-feira (30):

  • Lula. Eis a lista completa de compromissos:
    • 9h: Ministro da Secretaria-Geral, Márcio Macêdo, e Ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha
    • 10h: A taça da Copa do Mundo de futebol feminino será apresentada a Lula e à ministra dos Esportes, Ana Moser
    • 15h: Presidente da Petrobras, Jean Paul Prates
    • 16h30: Ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, e Ministro da Secretaria-Geral, Márcio Macêdo
    • 17h30: Ministro dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio Almeida
  • Arcabouço fiscal. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, apresenta as regras do novo marco fiscal, que tem sido chamado de arcabouço fiscal.
    • 9h30: Junto com o presidente do Senado, Haddad participa de reunião com líderes partidários do Senado para apresentar a nova proposta de regra fiscal do governo federal.
    • 10h30: Haddad concede entrevista coletiva para detalhar a proposta.
  • Inflação. O Banco Central divulga o Relatório Trimestral de Inflação referente ao 1º trimestre de 2023.
  • + Inflação. Divulgação do dados de inflação do IGP-M de março.
  • Judiciário. O ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), fala a jornalistas sobre a data da sua aposentadoria. Ele completa 75 anos em 11 de maio deste ano.
  • Indústria. Divulgação de dados sobre produção industrial de janeiro.
  • Bolsonaro. O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) deve retornar ao Brasil. Ele está nos Estados Unidos desde os últimos dias de seu mandato.
  • Economia. Divulgação do resultado primário do governo central de fevereiro.
  • Direitos Humanos. Das 9h às 13h, ocorre a 1ª Sessão da Comissão de Anistia, que luta pela reparação histórica de perseguidos pela ditadura militar.

Sexta-feira (31):

  • Lula. Eis a lista completa de compromissos:
    • 9h: Ministro da Secretaria-Geral, Márcio Macêdo, e Ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha
    • 10h30: Advogado-Geral da União, Jorge Messias
    • 15h: Ministro da Casa Civil, Rui Costa
  • Empreendedorismo. Às 19h, acaba o prazo do Litígio Zero, programa de descontos lançado pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, para pessoas e empresas que tenham dívidas com o governo federal.

Sábado (1º.abr):

  • Ditadura. 59 anos do golpe militar de 1964.

Domingo (2):

  • Direitos Humanos. O ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, Silvio Almeida, estará em São Paulo para encerrar a “Semana do Nunca Mais – Memória Restaurada, Democracia Viva”. Participa da 3ª Caminhada do Silêncio, às 16h, na Praça da Paz, no Parque do Ibirapuera. O objetivo do ato: não deixar que as memórias da ditadura militar se apaguem, após 59 anos do golpe.

Sobre a Agenda da Semana do Correio Sabiá:

Na Agenda da Semana, a equipe do Correio Sabiá separa os eventos políticos e econômicos mais relevantes por dia e, quando possível, informa horário e local onde cada evento ocorrerá.

Toda vez que mencionamos um PL (projeto de lei) ou outro ato normativo, por princípio editorial, damos o link. Assim você pode ver na íntegra do que se trata, se for do seu interesse.

O Correio Sabiá também sempre dá o link para outros veículos jornalísticos, quando é o caso de dar os créditos sobre determinada informação. Você pode checar nossas Políticas Editoriais e outros códigos internos na seção Quem Somos deste site.

Por fim, como forma de tornar nosso Jornalismo mais participativo, convidamos você a nos dizer se esquecermos de algum evento relevante na Agenda da Semana. Caso tenhamos esquecido, basta entrar em contato: redacao@correiosabia.com.br.

leia mais