💰 Dados: como está a Economia brasileira em 2024?

💰 Dados: como está a Economia brasileira em 2024?

Dados são uma maneira eficiente de tomar decisões melhores, baseadas em fatos e evidências. Neste sentido, dados econômicos tomam dimensões relevantes no debate público, principalmente em anos eleitorais (como é 2024). Por isso, o Correio Sabiá mostra como está a economia brasileira neste início de 2024, dando contexto ao expor indicadores e estabelecendo um ponto de partida para os próximos meses. 📍

  • ➡️ Obs.: este conteúdo foi publicado originalmente no dia 8.jan.2024, às 7h53, mas pode receber atualizações sempre que considerarmos relevante para te manter bem-informado/a.

💵 Dólar. O dólar no final de 2023 estava cotado a R$ 4,85. O dólar terminou 2023 com uma queda acumulada de 8,06% em relação ao real (R$).

  • No último pregão de 2023, o dólar teve alta de 0,41%. Ou seja, não fosse a alta do último pregão, a moeda norte-americana teria terminado 2023 cotada num valor ainda menor em relação ao real brasileiro (R$).
  • Já no 1º pregão de 2024, no dia 2.jan, uma terça-feira, o dólar teve alta de 1,28%, cotado a R$ 4,91.

👜 Ibovespa. A Bolsa de Valores do Brasil terminou 2023 com um patamar histórico de 134.185 pontos. Foi um recorde. Até então, o Ibovespa (principal índice de ações brasileiro) nunca tinha alcançado esse patamar. No acumulado de 2023, o Ibovespa teve uma alta acumulada de 22,28%.

  • No último pregão de 2023, o Ibovespa teve uma queda (praticamente inexpressiva) de 0,01%.
  • Já no 1º pregão de 2024, dia 2.jan, o Ibovespa teve queda de 1,11%, aos 132.697 pontos. A avaliação geral é que foi o momento dos investidores realizarem o lucro que tiveram no ano anterior.

💸 Juros. A taxa básica de juros do Brasil, a Selic, fechou 2023 no patamar de 11,75% ao ano. Houve sucessivas quedas na taxa de juros brasileira ao longo de 2023. No início do ano, o patamar era de 13,75% ao ano.

  • Neste link do Banco Central você encontra a evolução histórica da taxa básica de juros, a cada reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), que é o responsável pela definição dessa taxa.

📈 Inflação. Medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), a inflação oficial da economia brasileira em 2023 foi de 4,62% (considerando o acumulado de janeiro a dezembro). Os dados foram divulgados no dia 11.jan.2024 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

  • Dessa maneira, a inflação oficial do Brasil ficou abaixo do limite da meta, que era de 4,75% para o ano. Ou seja, a alta dos preços ficou abaixo do máximo que era esperado para ela.

➕ Mais sobre inflação. A inflação começou 2024 com uma alta acumulada de 4,68% nos últimos 12 meses. O relatório era do dia 13.dez.2023, quando foi divulgada a inflação de novembro. Ou seja, quando este ano começou (2024), ainda não havia disponível a informação sobre a inflação em dezembro, por isso também não era possível saber quanto foi a alta dos preços em 2023 inteiro (os 12 meses acumulados contemplavam o período de dez.2022 a nov.2023).

👔 Desemprego. O Brasil começa 2024 com a menor taxa de desemprego desde 2015. A taxa é de 7,5% de pessoas desocupadas no país, considerando o último trimestre móvel (setembro, outubro e novembro).

  • A taxa de desemprego é medida por trimestres móveis. O último dado disponível no início de 2024 era de setembro, outubro e novembro de 2023. Portanto, 2024 começou com a menor taxa de desemprego desde 2015.
  • No início de 2023 (começo do governo Lula), a taxa de desemprego era de 8,1%. Assim, a taxa caiu ao final de 1 ano de mandato.
  • Os dados de desemprego são medidos pela Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio), do IBGE.

👌🏻 Salário mínimo. O salário mínimo no Brasil é de R$ 1.412 desde o dia 1º de janeiro de 2024. O valor começa a ser pago a partir de fevereiro. A quantia representa um aumento de 6,97% em relação ao piso nacional anterior, de R$ 1.320, que vigorou em (parte de) 2023.

  • Note que houve aumento do salário mínimo acima da inflação acumulada do período (veja um dos itens acima, “Inflação”).
  • Outra observação: o salário mínimo é reajustado em função do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), índice de inflação semelhante ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que é a inflação oficial do país. O INPC acumulado nos 12 meses terminados em novembro foi 3,85%.
    • Como é feito o reajuste do salário mínimo? A nova política de valorização do salário mínimo define que o reajuste deve ser acima da inflação (neste caso, do INPC), somando a própria inflação com o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do ano anterior (2022), que neste caso foi cerca de 3%. Daí o reajuste de 6,97% no salário mínimo. Para saber as principais medidas do governo Lula, confira esta reportagem do Correio Sabiá, com atualizações constantes.

📧 Esquecemos algum dado relevante sobre a economia brasileira? Ficou com alguma dúvida e/ou curiosidade? Tem algum outro recado para nos dar? Mande um e-mail: redacao@correiosabia.com.br

Qual a expectativa do mercado para os principais indicadores da Economia brasileira em 2024?

Divulgado no dia 2.jan.2024, o 1º Boletim Focus do ano apontou suas expectativas até o final de 2024 para 4 dos principais indicadores da Economia brasileira: inflação, PIB (Produto Interno Bruto), cotação do dólar e taxa básica de juros (Selic).

De acordo com o relatório, chegaremos ao final de 2024 com os seguintes patamares para os 4 itens:

  • Inflação (acumulada em 12 meses): 3,9%
  • PIB: 1,52%
  • Dólar: R$ 5,00
  • Juros: 9% ao ano
20.12.2023 - Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante a sessão solene no Congresso, destinada à promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 45/19, que instituiu a reforma tributária / 📸 Ricardo Stuckert / PR
A reforma tributária foi outra medida econômica relevante de 2023 / 📸 Ricardo Stuckert / PR

leia mais