Lista: 12 governadores eleitos no 2º turno em 2022

Lista: 12 governadores eleitos no 2º turno em 2022

Lista: 12 governadores eleitos no 2º turno em 2022

Relembra ainda quais governadores já tinham sido eleitos no 1º turno da eleição de 2022
Bolsonaro ao lado do seu então ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, ora eleito governador de São Paulo pelo Republicanos / Foto: Alan Santos/PR
Bolsonaro ao lado do seu então ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, ora eleito governador de São Paulo pelo Republicanos / Foto: Alan Santos/PR

Como parte do compromisso de fazer você realmente entender o noticiário, o Correio Sabiá mostra abaixo a lista dos 12 governadores eleitos no 2º turno da eleição de 2022, realizada neste domingo (30.out.2022).

PL, PT, PSDB e União Brasil tinham 4 candidatos cada na disputa do 2º turno. Saiba abaixo os resultados da eleição em cada estado. E para ver todos os detalhes da eleição presidencial, leia esta reportagem que publicamos assim que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi matematicamente eleito.

12 governadores eleitos no segundo turno

*Os estados que a fonte está em itálico tiveram “virada” em relação ao resultado do 1º turno, que você pode conferir mais abaixo.

  • Alagoas: Paulo Dantas (MDB) – 834.278 votos (52,33%) x Rodrigo Cunha (União Brasil) – 759.984 votos (47,67%)
  • Amazonas: Wilson Lima (União Brasil) – 1.039.113 votos (56,66%) x Eduardo Braga (MDB) – 794.972 votos (43,34%)
  • Bahia: Jerônimo (PT) – 4.480.464 votos (52,79%) x ACM Neto (União Brasil) – 4.007.023 votos (47,21%)
  • Espírito Santo: Renato Casagrande (PSB) – 1.171.288 votos (53,80%) x Manato (PL) – 1.006.021 votos (46,20%)
  • Mato Grosso do Sul: Eduardo Riedel (PSDB) – 808.210 votos (56,90%) x Capitão Contar (PRTB) – 3612.113 votos (43,10%)
  • Paraíba: João (PSB) – 1.221.904 votos (52,51%) x Pedro Cunha Lima (PSDB) – 1.104.963 votos (47,49%)
  • Pernambuco: Raquel Lyra (PSDB) – 3.113.415 votos (58,70%) x Marília Arraes (Solidariedade) – 2.190.264 votos (41,30%)
  • Rio Grande do Sul: Eduardo Leite (PSDB) – 3.687.126 votos (57,12%) x Onyx Lorenzoni (PL) – 22.767.786 votos (42,88%)
  • Rondônia: Coronel Marcos Rocha (União Brasil) – 458.370 votos (52,47%) x Marcos Rogerio (PL) – 415.278 votos (47,53%)
  • Santa Catarina: Jorginho Mello (PL) – 2.983.949 votos (70,69%) x Décio Lima (PT) – 1.237.016 votos (29,31%)
  • Sergipe: Fábio (PSD) – 623.851 votos (51,70%) x Rogério Carvalho (PT) – 582.940 votos (48,30%)
  • São Paulo: Tarcísio de Freitas (Republicanos) – 13.480.643 votos (55,27%) x Fernando Haddad (PT) – 810.909.371 votos (44,73%)

Saiba os resultados do 1º turno na disputa para governador

  • Alagoas: Paulo Dantas (MDB) – 708.984 votos (46,64%) x Rodrigo Cunha (União Brasil) – 407.220 votos (26,79%)
  • Amazonas: Wilson Lima (União Brasil) – 819.021 votos (42,80%) x Eduardo Braga (MDB) – 401.722 votos (21%)
  • Bahia: Jerônimo (PT) – 4.019.830 votos • 49,45% x ACM Neto (União Brasil) – 3.316.711 votos • 40,80%
  • Espírito Santo: Renato Casagrande (PSB) – 976.652 votos (46,94%) x Manato (PL) – 800.598 votos (38,48%)
  • Mato Grosso do Sul: Capitão Contar (PRTB) – 384.275 votos (26,71%) x Eduardo Riedel (PSDB) – 361.981 votos (25,16%)
  • Paraíba: João (PSB) – 863.174 votos (39,65%) x Pedro Cunha Lima (PSDB) – 520.155 votos (23,90%)
  • Pernambuco: Marília Arraes (Solidariedade) – 1.175.651 votos (23,97%) x Raquel Lyra (PSDB) – 1.009.556 votos (20,58%)
  • Rio Grande do Sul: Onyx Lorenzoni (PL) – 2.382.026 votos (37,50%) x Eduardo Leite (PSDB) – 1.702.815 votos (26,81%)
  • Rondônia: Coronel Marcos Rocha (União Brasil) – 330.656 votos (38,88%) x Marcos Rogerio (PL) – 315.035 votos (37,05%)
  • Santa Catarina: Jorginho Mello (PL) – 1.575.912 votos (38,61%) x Décio Lima (PT) – 710.859 votos (17,42%)
  • Sergipe: Rogério Carvalho (PT) – 338.796 votos (44,70%) x Fábio (PSD) – 294.936 votos (38,91%)
  • São Paulo: Tarcísio de Freitas (Republicanos) – 9.881.995 votos (42,32%) x Fernando Haddad (PT) – 8.337.139 votos (35,70%)

Saiba a lista de governadores eleitos no 1º turno de 2022

  • Acre: Gladson Cameli (PP) – 242.100 votos (56,75%)
  • Amapá: Clécio (Solidariedade) – 222.168 votos (53,69%)
  • Ceará: Elmano Freitas (PT) – 2.808.300 votos (54,02%)
  • Distrito Federal: Ibaneis Rocha (MDB) – 832.633 votos (50,30%)
  • Goiás: Ronaldo Caiado (União Brasil) – 1.806.892 votos (51,81%)
  • Maranhão: Carlos Brandão (PSB) – 1.769.187 votos (51,29%)
  • Mato Grosso: Mauro Mendes (União Brasil) – 1.114.549 votos (68,45%)
  • Minas Gerais: Romeu Zema (Novo) – 6.094.136 votos (56,18%)
  • Paraná: Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) – 4.243.292 votos (69,64%)
  • Pará: Helder Barbalho (MDB) – 3.117.276 votos (70,41%)
  • Piauí: Rafael Fonteneles (PT) – 1.115.139 votos (57,17%)
  • Rio de Janeiro: Cláudio Castro (PL) – 4.930.288 votos (58,67%) x 
  • Rio Grande do Norte: Fátima Bezerra (PT) – 1.066.496 votos (58,31%)
  • Roraima: Antonio Denarium (PP) – 163.167 votos (56,47%)
  • Tocantins: Wanderlei Barbosa (Republicanos) – 481.496 votos (58,14%)
Para saber mais sobre as notícias e sobre as nossas iniciativas, continue acompanhando o Correio Sabiá aqui e nas redes sociais (@correiosabia). Fazemos atualizações diárias via site, newsletter e podcast. Sempre de um jeito didático e resumido, para que você realmente entenda o noticiário

leia mais